top of page

VEJA TAMBÉM

🏅 Weekend Awards: Giroud comanda virada do Milan em dérbi e Barça goleia o Atlético de Madrid






Olivier Giroud marcou dois gols em três minutos para confirmar vitória rossonera no 'Derby della Madonnina' — Foto: Divulgação / AC Milan

Por Valentin Furlan – 07 de fevereiro

O fim de semana matou bem a saudade do torcedor pelo futebol de clubes europeu, após 15 dias de hiato em função da Data Fifa.

Teve de tudo: dérbi histórico na Itália, clássico nacional na Espanha, zebras na FA Cup e, claro, muita emoção na final da Copa Africana das Nações.

Confira os destaques do futebol europeu das últimas 72 horas...


 

👏 Jogo do fim de semana: Clássico espanhol

Barcelona 4-2 Atlético de Madrid

Gols: Barcelona Jordi Alba 10'; Gavi 21'; Ronald Araújo 43; Daniel Alves 49' | Atlético de Madrid – Yannick Carrasco 08'; Luis Suárez 58'

Jordi Alba celebra golaço contra o Atlético — Foto: Divulgação / FC Barcelona

Um clássico que normalmente marca o confronto entre dois favoritos ao título dessa vez teve um teor diferente.

Barcelona e Atlético de Madrid se encontraram no Camp Nou no domingo (06) buscando a redenção com a torcida. Ambas as equipes vinham de momentos relativamente tranquilos, com sequências invictas no nacional, mas, em um amplo aspecto, seguiam em baixa. Os rivais ainda não haviam encontrando um futebol consistente a fim de trazer confiança na luta pelo G-4.

Só que isso mudou no clássico.

O jogo começou elétrico, com dois gols em 10 minutos, sendo um deles um balaço de voleio de Jordi Alba. O Barça, no entanto, se encontrou depois dos 15 minutos iniciais, dominando as ações e engatando uma boa reta final até virar o jogo e atualizar o contador em 3 a 1. Já no início do segundo tempo, Daniel Alves, que logo seria expulso, fez o quarto antes de Luis Suárez diminuir e investir em uma pressão final do Atleti, com um jogador a mais.

Foi um embate extremamente técnico e de grandes emoções, se assemelhando muito aos do histórico recente, envolvendo duas equipes na luta pelo título. Ainda houve as estreias de Adama Traoré, que deu assistência para o gol de Alba, e Pierre-Emerick Aubameyang, que entrou no segundo tempo.

O Madrid, contudo, pagou pela derrota do jeito mais caro: sofrendo gols. A defesa sempre foi o ponto forte de Diego Simeone, que vem sofrendo no setor nas últimas partidas e precisa melhorar a unidade para a disputa das oitavas da Liga dos Campeões. O Barça, por outro lado, celebrou a vitória no clássico, jogou a crise para o adversário e entrou no G-4 do Espanhol.


 

🦓 Deu zebra: Eliminação do United

Manchester United (7) 1-1 (8) Middlesbrough

Gols: Manchester United – Jadon Sancho 25' | Middlesbrough – Matt Crooks 64'

Elenco do Middlesbrough celebra vitória na disputa por pênaltis — Foto: Divulgação / FA Cup

O Manchester United martelou, e martelou, e martelou, mas não confirmou vaga na próxima fase da Copa da Inglaterra justamente por conta das chances desperdiçadas – literalmente.

O time fez um ótimo primeiro tempo contra o Middlesbrough, da segunda divisão inglesa, e poderia facilmente ter ido aos vestiários com uma vitória mais expressiva que o 1 a 0. Na segunda etapa, ofereceu mais chances – incluindo o gol de empate –, mas também seguiu criando algumas oportunidades. Mesmo assim, sem efetividade.

Crisitano Ronaldo perdeu pênalti, Rashford e Bruno Fernandes desperdiçaram na cara do goleiro, o mesmo Fernandes perdeu com o gol aberto... Foram três bolas no poste e um festival de erros, que só não foi confirmado em função da jogada individual de Sancho, que abriu o contador em chute desviado ainda no primeiro tempo.

No final das contas, a decisão foi para os pênaltis. E foi um show, com bolas bem colocadas e os goleiros tendo dificuldades para sair na foto. Assim, foi só na oitava série de cobranças que a pelada acabou definida, com Anthony Elanga mandando por cima do travessão e confirmando a eliminação dos Red Devils em pleno Old Trafford.

A partida, no entanto, ainda teve mais um momento crucial...


 

🤬 Lance mais polêmico: Gol do Middlesbrough

Manchester United (7) 1-1 (8) Middlesbrough

Gols: Manchester United – Jadon Sancho 25' | Middlesbrough – Matt Crooks 64'

Jogadores visitantes após empatarem o jogo em Manchester — Foto: Divulgação / FA Cup

Não costumamos falar do mesmo jogo duas vezes, mas o gol de empate do Boro bem que foi alvo de longas discussões após o apito final.

A jogada se inicia com um cruzamento da direita que atravessa a área e termina dominado por Duncan Watmore. No ato, a bola escapou, foi diretamente na mão do camisa 18 e acabou amortecida, ficando à disposição para Watmore bater cruzado para Crooks marcar.

O lance, obviamente, repercutiu. A nova regra para a temporada diz que qualquer lance em que a bola toca intencionalmente na mão do atacante deve ser ilegalizado. Por outro lado, quando o toque é involuntário – e essa foi a opinião do árbitro Anthony Taylor em relação ao domínio de Watmore, conforme divulgações pós-jogo –, o lance é normal desde que o mesmo jogador não marque o gol.

O ponto central foi justamente tentar entender se o toque havia sido proposital ou não – além, é verdade, de demonstrar a infelicidade com o regulamento, em alguns casos. No mais, a única certeza é que se trata de um lance do qual não devemos esquecer tão cedo.


 

💪 O herói: Olivier Giroud

Inter de Milão 1-2 Milan

Gols: Inter de Milão – Ivan Perisic 38' | Milan – Olivier Giroud 75', 78'

Rossoneros comemoram junto à torcida a vitória no clássico contra a Inter — Foto: Divulgação / AC Milan

Camisa 9 tem que guardar na única oportunidade disponível. E Olivier Giroud levou esse ditado a sério.

O atacante rossonero praticamente não participou ativamente da partida nos primeiros 75 minutos. O Milan, como um todo, teve dificuladades na criação de jogadas até Stefano Pioli colocar no gramado Brahim Díaz e o brasileiro Junior Messias, que movimentaram mais o meio-campo e trouxeram mais velocidade às transições visitantes.

E Giroud aproveitou. No lance do primeiro gol, foi o próprio francês quem tomou a bola de Alexis Sánchez na intermediária ofensiva. Ele, então, rolou para Díaz, que devolveu cruzado no meio da grande área para o atacante empatar.

Três minutos depois, o centroavante recebeu bola enfiada, fez a parede frente a De Vrij, cortou para dentro e bateu seco no cantinho de Handanovic, que também poderia ter feito coisa melhor.

No mais, vitória absolutamente emocionante do Milan, que mostrou se manter vivo na luta pelo Scudetto e poder seguir contando com os gols de Giroud.


 

🎯 Gol mais bonito: Chute colocado de Kane

Tottenham 3-1 Brighton

Gols: Tottenham – Harry Kane 13', 66'; Solly March 64' (GC) | Brighton – Yves Bissouma 63'

Atacante celebra abertura do placar contra os Seagulls — Foto: Divulgação / Tottenham Hotspur

Os Spurs não tiveram maiores problemas para vencer o Brighton & Hove Albion e avançar de fase na FA Cup no último sábado, mas não é por isso que a vaga veio facilmente.

O triunfo foi construído ainda na etapa inicial, com direito a cruzamento desviado na zaga resultando em gol contra de March. Nos últimos 45 minutos, ainda houve tempo de Bissouma diminuir e Neal Maupay perder chance cara cara, evidenciando que a zaga de Antonio Conte está longe de atuar da maneira ideal.

Ainda, de todos os quatro tentos do jogo, o primeiro de Harry Kane chamou atenção. Para inaugurar a contagem da partida, o camisa 10 recebeu passe na esquerda e bateu colocado rente à forquilha de Robert Sánchez.

Goleirão do Brighton está procurando a bola até agora.

Leia também


1 comentario


Carlos José Furlan
Carlos José Furlan
08 feb 2022

Gostei do "apanhado" do melhores do fds "show de bola", literalmente...

Me gusta
bottom of page