top of page

VEJA TAMBÉM

United e Tottenham goleiam; Arsenal empata: Tudo o que rolou na quinta-feira de Liga Europa 🏆


Jogadores do Manchester United, durante vitória sobre o Real Sociedad — Foto: Getty Images

United e Tottenham goleiam; Arsenal empata: Tudo o que rolou na quinta-feira de Liga Europa 🏆


Por ZonaMista.net

18/02/2021 — 18h53

 

Acompanhe toda a ação da tarde desta quinta-feira pela Europa League! A competição iniciou a fase eliminatória e Manchester United, Arsenal e Tottenham representaram o Big Six na copa.



Arsenal tem jogo complicado e fica no empate com o Benfica de Jorge Jesus fora de casa

 
Ceballos realizando passe na Itália — Foto: Getty Images

Benfica e Arsenal entraram em campo em solo italiano e terminaram com o jogo empatado em 1 a 1. Fato curioso a ser ressaltado é que apesar do mando de campo ser do Benfica, a partida foi realizada do Estádio Olímpico de Roma, devido às restrições impostas entre os países em decorrência da pandemia da Covid-19. Além dessa curiosidade, a equipe portuguesa contou com estreia do zagueiro Lucas Veríssimo ex-Santos e partida marcou o reencontro entre David Luiz e a equipe que o revelou para o mundo. Interessante lembrar que também à época era comandada pelo mesmo Jorge Jesus, que se encontrou na beira do campo defendendo o Benfica.


A partida começou morna. As equipes se estudavam muito e pouco arriscavam. Jorge Jesus tentava encurralar o Arsenal com sua tradicional pressão alta, porém, sua equipe não tinha o controle do jogo quando recuperava a posse de bola. Já o time de Mikel Arteta trabalhava a sua tradicional posse de bola. Aos 18 minutos, Bellerín invadiu a grande área, cruzou na medida para Aubameyang, que perdeu uma chance incrível dentro da pequena área. Aos 31', a primeira finalização de perigo do Benfica. Darwin Núñez chutou de fora da área para a defesa em dois tempos do goleiro Leno. O primeiro tempo se encerrou em 0 a 0, sem muita movimentação mais aguda por parte das equipes.


Insatisfeito com o desempenho de sua equipe na primeira etapa, Jesus sacou o camisa 10 Waldschmidt e colocou Rafa Silva. Mas aos 6 minutos, quem chegou primeiro foi o Arsenal. Em jogada de velocidade, Saka finalizou de fora da área e sem direção. Aos 8', uma penalidade máxima a favor do Benfica. Pizzi foi para cobrança e converteu: bola no canto esquerdo do goleiro Leno, que se esticou, mas não alcançou a bola. E a resposta não demorou a acontecer. Aos 11 minutos, Saka triangulou e apareceu na pequena área para finalizar e empatar o jogo. O Benfica buscava criar, mas tinha dificuldades em superar o sistema defensivo inglês. E Cebolinha, em jogada característica pela esquerda, trouxe pra perna direita e finalizou, mas a bola só tirou tinta da trave de Leno e foi pra fora.


Agora o Benfica volta a campo pelo Campeonato Português. Enfrentará o Farense fora de casa no domingo (21), enquanto o Arsenal recebe o embalado Manchester City em seus domínios também na mesma data. As duas equipes fazem a partida de volta no dia 25 deste mês, na Grécia. O mando de campo será do Arsenal. /Por Gustavo Maia



Comandado por Bruno Fernandes, United atropela Real Sociedad e encaminha avanço

 
Fred e Bruno Fernandes celebram abertura do placar contra os espanhóis — Foto: Getty Images

Em um confronto de times com pretensões e tamanhos distintos, o Manchester United sobrou pra cima da Real Sociedad, em Turim, pelo placar de 4 a 0 no jogo de ida e praticamente selou a vaga às oitavas de final da Europa League. Ambas as equipes vinham oscilando na temporada, após um bom início. Mas o United se mostrou muito superior no jogo e dominou grande parte do jogo.


O jogo começou logo de cara com grandes chances para as duas equipes. Pelo lado basco, Isak e Januzaj finalizaram com muito perigo à meta do goleiro Henderson. Já os Red Devils exigiam boas defesas do goleiro Remiro através de Rashford e McTominay. E aos poucos, a equipe de Manchester foi assumindo o controle da partida e finalmente abriu o placar aos 26 minutos. Rashford lançou, a defesa e goleiro da Real Sociedad se atrapalharam e a bola sobrou tranquila para Bruno Fernandes empurrar para as redes. Após o tento sofrido, os espanhóis buscaram empatar o jogo o mais rápido possível e tinham mais a posse da bola, mas esbarravam na boa marcação e organização tática da equipe comandada pelo Solskjaer.


A etapa final começou do jeito que terminou a primeira, com a Real Sociedad buscando mais o gol de empate e o Manchester United esperando para matar o jogo nos contra-ataques. E foi justamente assim que o United ampliou a vantagem. Aos 12 minutos, Rashford recebeu pela esquerda e lançou para o meio. Daniel James só ajeitou para Bruno Fernandes, na entrada da área, colocar no canto esquerdo do goleiro Remiro. Com o gol, a Real Sociedad se desestabilizou e permitiu mais espaços. E em mais um contra-ataque, os Red Devils chegaram ao terceiro gol. Aos 19', Fred deu belo passe em profundidade para Rashford na esquerda, que invadiu a área e bateu na saída do goleiro da Real Sociedad. A partir doí, o time inglês dominou completamente as ações da partida, enquanto o time basco não demonstrava nenhuma reação para reverter o resultado. No final, ainda deu tempo de marcar mais um. Aos 44', Daniel James disparou pelo lado direito, invadiu a área e bateu cruzado na saída do goleiro.


Após o confronto pela competição continental, as equipes voltam a pensar em suas respectivas ligas nacionais. A Real Sociedad enfrenta o Alavés, em casa, no domingo (21). Já o Manchester United enfrenta o Newcastle, também em casa e no mesmo domingo. /Por Gabriel Lins



Bale marca, Tottenham vence o Wolfsberger e põe pé nas oitavas de final

 
Elenco dos Spurs, após um dos tentos sobre o Wolfsberger — Foto: Getty Images

O Tottenham não teve maiores problemas para vencer o Wolfsberger na Áustria. A equipe de José Mourinho venceu por 4 a 1 e deixou o avanço na competição europeia muito bem encaminhada. Na partida de volta, o time poderá perder por até um gol de diferença para evitar uma eliminação em casa.


Os Spurs tiveram total controle da etapa inicial. Bale, Son e Lucas foram os artilheiros. O primeiro tento saiu aos 13 minutos de partida. O Tottenham migrava com a posse frente à área adversária até que Bale encontrou espaço e delegou bola aérea para Son, que cabeceou para o fundo do gol. Aos 28', Bale duplicou a vantagem. Em contra-ataque muito bem armado, Doherty lançou Bale, que escapou da marcação e ampliou. Para fechar a conta dos primeiros 45 minutos, o brasileiro Lucas marcou. Winks tocou e o ex-São Paulo adentrou a grande área, batendo rasteiro no canto do goleiro Kofler. Não perca a conta: 3 a 0.


A etapa seguinte foi diferente. Após ampla dominância nos primeiros 45 minutos, José Mourinho contou (mais uma vez) com problemas no setor defensivo. O Wolfsberger diminuiu. E em (mais uma) cobrança de penal, um dos grandes problemas do Tottenham na temporada. Sissoko levou amarelo após entrada perigosa em Wernitznig. Após as reclamações com árbitro, Lendl converteu e diminuiu. O que de fato aumentou foi o ímpeto dos donos da casa, que viram no tento marcado o reacender de uma luz no fim do túnel. E o Tottenham quase sucumbiu. Os austríacos quase fizeram o segundo com Wernitznig, que chutou no travessão e viu a bola quicar sobre a linha do gol e voltar para dentro do campo. Enquanto isso, os londrinos não criavam chances no contragolpe e seguiam sofrendo o medo de sofrer o segundo gol. Mesmo assim, o time se superou e conseguiu ampliar o placar em lace isolado. Honbjerg cruzou, Lamela desviou de cabeça e o brasileiro Carlos Vinícius completou, marcando seu primeiro gol com a camisa do Tottenham.


Os Spurs voltam a campo no domingo (21), quando enfrentam o West Ham no London Stadium, pela 25ª rodada do Campeonato Inglês. A partida de volta, em Londres, será na próxima quinta (25). /Por Valentin Furlan



Ainda hoje

 
  • Benfica x Arsenal - 17h.

Comments


bottom of page