últimas notícias

📝 Opinião: Liverpool acerta ao trazer Luis Díaz e cultiva sonho pelo quádruplo


Jürgen Klopp tentará levar os Reds ao quádruplo nesta temporada — Foto: Reprodução / Twitter / Premier League

Por Diego Pereira – 02 de fevereiro

Se há um time na Premier League que no papel não necessitava desesperadamente de reforços, esse time é o Liverpool. Sempre atuando de maneira cautelosa no mercado, fazendo contratações pontuais, os Reds não agiram diferente nesta janela de janeiro.

O sistema defensivo, por exemplo, segue muito bem servido. Trent Alexander-Arnold é um dos laterais mais eficazes do mundo e completa um setor de defesa muito sólido com Virgil van Dijk, que dispensa comentários, e um Joel Matip em grande fase, tomando vaga que por muito tempo foi de Joe Gómez. Soma-se ainda Andrew Robertson, outro jogador da confiança de Klopp.

No setor de meio-campo, o time tem em seu plantel bons nomes e não demandava de reforços, apesar dos muitos desfalques na atual temporada – alguns por lesão, outros por compromissos com suas respectivas seleções. Ainda assim, as opções de Klopp no banco deram conta do recado: o time segue na vice-liderança da liga, a 10 pontos do West Ham, primeiro time fora do G-4, e está classificado para a final da Carabao Cup.

Assim como nos demais setores, o ataque do Liverpool dispõe de grandes jogadores: Mohamed Salah segue respondendo às demandas, e as variações com a chegada de Diogo Jota, só enriqueceram o poder ofensivo do time, aliado ainda a Sadio Mané e Roberto Firmino. Ainda, o Liverpool costuma ser cirúrgico em suas contratações e não poupou esforços para traze o colombiano Luis Díaz, em um negócio firmado junto ao Porto na casa dos 45 milhões de euros (quase R$ 270 mi) – o valor coloca o jovem no top 5 das contratações mais caras da história do clube. Díaz era um sonho antigo de Klopp e lhe dará ainda mais poder de fogo: na atual temporada da Liga de Portugal, fez 18 jogos, anotou 14 gols e deu quatro assistências.

Com essa chegada pontual, o Liverpool amplia suas possibilidades de mais uma vez brigar por todos os títulos em disputa na temporada, inclusive o da Liga dos Campeões, competição na qual o time passou com certa tranquilidade pela primeira fase, em um grupo difícil, ao lado de Milan, Atlético de Madrid e do próprio Porto.

Veremos quais serão as cenas dos próximos capítulos e até onde esse Liverpool tão cauteloso em seus reforços pode chegar.