últimas notícias

Leeds aproveita homem a mais, se recupera e vira jogo emocionante para cima do Wolves

















Rodrigo celebra gol contra o Wolverhampton — Foto: Reprodução / Twitter / Premier League

Por Matheus Tavares – 18 de março

Wolverhampton e Leeds United travaram uma batalha intensa nesta sexta-feira (18) de Premier League, no Molineux Stadium. O Leeds conseguiu uma virada incrível, com direito a gol nos acréscimos, e venceu por 3 a 2. Jack Harrison, Rodrigo e Luke Ayling foram os autores dos tentos. Johnny Otto e Trincão diminuíram para os donos da casa.

A partida foi marcada por diversas substituições devido a contusões, que certamente irão preocupar ambos os times, e uma virada espetacular do Leeds United com um gol marcado nos minutos finais da partida.

1° tempo

O jogo começou quente no Molineux. Aos dois minutos, Daniel James teve uma boa oportunidade para marcar o primeiro gol da partida, conseguindo achar um buraco na defesa do adversário, mas seu chute foi um pouco acima da força necessária, fazendo a bola subir demais. De modo geral, o Wolves tinha maior posse de bola, conseguia passar do meio campo com certa tranquilidade, mas a construção da finalização era sempre travada pelo Leeds, que era quem levava perigo nas chegadas ao ataque, principalmente com Rodrigo e Daniel James.

A abertura do placar veio aos 25, com uma jogada criada por João Moutinho, achando seu conterrâneo português Trincão, que deu uma ótima assistência para Jonny Otto abrir a contagem. O segundo gol saiu após uma falta sofrida por Raul Jiménez, a qual foi batida por João Moutinho, achando Trincão, que finalizou no canto sem esperanças de defesa na jogada.

A etapa inicial foi marcada por contusões. A primeira foi de Rúben Neves, que tomou uma dividida e acabou caindo, alegando dores em sua lombar. Logo depois, Patrick Bamford, do Leeds, começou a mancar e sentir dores abaixo do quadril, e, em uma tentativa de finalização, o jogador se equilibrou e acabou piorando a dor, culminando na substituição para a entrada de Sam Greenwood, jovem de 20 anos que faria seu segundo jogo na Premier League. Ainda tinha mais: aos 39, o zagueiro Diego Llorente também sentiu dores e foi substituído por Robin Koch.

2° tempo

O jogo voltou quente. Aos 53 minutos, Raúl Jiménez dividiu feio com o goleiro Illan Meslier, que se lesionou e teve de ser substituído – a quarta troca do time no jogo por contusão –, e acabou tomando seu segundo cartão amarelo no jogo, sendo expulso. Então, aí a remontada começou.

A virada do Leeds começa em um lance confuso: Jack Harrinson acha um gol de rebote após seu parceiro Luke Ayling finalizar duas vezes (com direito a quase gol contra, uma bola na trave e uma defesa espetacular do goleiro). A bola sobrou livre para o jogador diminuir. Minutos depois, aos 20, com uma bela jogada criada por Ayling e Daniel James, a bola foi espalmada para fora da área, mas Rodrigo apareceu rapidamente e conseguiu marcar, empatando o jogo.

A partir daí, o jogo esfriou e só voltaria a ficar quente nos acréscimos. Ayling, em outro lance confuso, conseguiu uma sobra após bate-rebate e finalizou firme, aos 46 minutos, dando a vitória para o time sobre um Wolves que tentou de qualquer modo encontrar o terceiro gol através de uma pressão nos últimos instantes, mas nada feito. 3 a 2 Leeds.

E agora?

O Campeonato Inglês faz uma parada nas próximas semanas para a Data Fifa. O Leeds encara o Southampton na próxima rodada da Premier League, em casa, às 11h (de Brasília) do próximo dia 2. Já o Wolverhampton joga contra o Aston Villa no mesmo dia e horário, novamente como mandante, também pelo nacional.