últimas notícias

Horner elogia "fenomenal" Pérez, diz estar "além das expectativas" e fala sobre renovação contratual


Christian Horner abraça Sergio Pérez (de costas) após vitória em Baku — Foto: Mark Thompson / Getty Images

Além da óbvia felicidade em ganhar o segundo Grande Prêmio seguido, a Red Bull tem muito o que comemorar: já era líder, mas conseguiu aumentar a diferença para a Mercedes de Toto Wolff, que lamentou fim de semana "inaceitável" no Azerbaijão, para 26 pontos no campeonato de construtores. Além disso, ainda vê Sergio Pérez ultrapassar Lando Norris na classificação de pilotos e entrar no top 3.

LEIA: Após GP "inaceitável", Wolff fala sobre travada de pneus de Hamilton: "Não pode ser chamada de erro"

Assim, em clima de festa, a entrevista de Christian Horner, chefe de equipe da RBR, após a prova fluiu muito bem. Nela, elogiou muito o mexicano e traçou expectativas para o seguimento da temporada.

LEIA: Vettel faz história, sequência de Hamilton é encerrada e mais: as estatísticas do GP do Azerbaijão

"Nós sabíamos que ele andava bem por aqui [Azerbaijão], mas não sabíamos que ele era tão bom", se referindo aos três pódios (e, agora, uma vitória) conquistados em Baku, mais do que em qualquer outro local - veja esta e outras estatísticas, clicando aqui. "Ele foi veloz durante todo o fim de semana", comentou. "Seu ritmo de corrida foi fenomenal."

"O modo com que ele se defendia de Lewis era uma aula. Vê-lo conquistar a vitória vai ser ótimo para sua confiança. Isso o coloca em 3° no campeonato de pilotos", lembrou. "Ele está além das expectativas."

"É ótimo ver os dois carros no topo, obviamente", seguiu celebrando. "Foi uma carta na manga ter Checo no lugar certo, em um dia em que você perde o seu carro na liderança, para nos confirmar a vitória."

Momento em que Sergio cruzava a linha de chegava e sagrava-se campeão do GP do Azerbaijão — Foto: Red Bull Racing

Quando perguntado sobre a permanência do mexicano na RBR em 2022, Christian não escondeu o jogo. Vale lembrar que o contrato assinado entre Pérez e a equipe tem duração apenas de um ano.

LEIA: Verstappen lamenta derrota "muito frustrante" em Baku: "Às vezes dá pra odiar este esporte"

"Estou muito satisfeito com o trabalho que o Checo vem fazendo", disse Horner. "Estamos apenas na sexta corrida de 23, ainda temos muito tempo pela frente. Ele está gostando de fazer parte da equipe, vem fazendo um ótimo trabalho e só precisa seguir fazendo o que já faz."

LEIA: Pirelli explica acidentes no Azerbaijão e revela corte em pneu de Hamilton