últimas notícias

GP do Bahrein: Na estreia da nova temporada, Gasly lidera 1° Treino Livre



Pierre Gasly foi o mais veloz da primeira sessão de treinos da temporada — Foto: Reprodução / Twitter / AlphaTauri

Por Enrico Novais e Valentin Furlan – 18 de março

A temporada 2022 da Fórmula 1 está oficialmente aberta. Nesta sexta-feira (18), a caixa de ferramentas para o Grande Prêmio do Bahrein foi aberta, com a realização do 1° Treino Livre.

+ Não viu nada sobre o 2° Treino Livre? Veja nosso resumo, clicando aqui!

Pierre Gasly, da AlphaTauri, foi o homem mais veloz no circuito, fazendo o melhor tempo da sessão com 1m34s193s, 0s364 à frente do segundo colocado, Charles Leclerc. Aliás, Leclerc liderou os dois carros da Ferrari, que vieram no segundo e terceiro posto, completado por Carlos Sainz. O monegasco fez volta em 1m34s557, enquanto o espanhol fez em 1m34s611, ,meio décimo mais lento.

Veja a história completa do treino.

Resultados

Acompanhe a tabela de tempos para o TL1 no Bahrein — Foto: Reprodução / Twitter / Fórmula 1

Falhas no motor de Bottas?

Mal deu tempo de Valtteri Bottas ir para a pista e o piloto reclamou pelo rádio que sua unidade de potência apresentava algumas falhas. Por conta disso, o finlandês não permaneceu na pista, seguindo uma confirmação de seu engenheiro, e não marcou tempo. Vale lembrar que a Alfa não teve dias muito consistentes durante os testes.

E teve bandeira vermelha!

Uma parte considerável da Alpine de Esteban Ocon se despedaçou sozinha ainda dentro dos primeiros minutos da sessão, aparentemente por culpa do tão falado porpoising, o sobe e desce dos carros nas retas que chamou atenção durante a pré-temporada. Um buraco se criou na lateral da Alpine e uma grande parte da carenagem ficou na pista.


15 anos depois...

A sessão marcou o aniversário do início da carreira de Lewis Hamilton na Fórmula 1. Nesta sexta, faz 15 anos que o inglês correu pela primeira vez na categoria, fato que levou Hamilton a utilizar um capacete retrô, lembrando seus primeiros dias. São sete títulos mundiais conquistados na carreira, tanto por McLaren quanto pela Mercedes, além, claro, do posto de um dos melhores pilotos da história do esporte sendo adquirido.


Já vai, Leclerc?

Entrando na reta final do treino, Leclerc rodou forte no segundo setor, mas conseguiu segurar o carro. O monegasco perdeu a traseira, travou pneus, que não devem ter ficado tão utilizáveis após a freada. Foi a única maior escapada durante uma sessão bem tranquila.


Francês não foi o único

Além de Ocon, Hamilton também deixou um pedaço de seu carro no asfalto. No fim da reta principal algo se quebrou do W13 do inglês e ficou jogado na lateral da pista. Contudo, dessa vez não foi necessário parar a sessão para recuperar a carenagem, e as bandeiras seguiram verde.