últimas notícias

Frank Lampard pede mais presença em campo de seus jogadores, antes de partida contra o Norwich

  • ZonaMista.net fará a cobertura completa da partida, nesta terça (14), às 16h

  • Lampard: "Temos que melhorar e é algo que eu incito nos jogadores"


Por ZonaMista.net — Londres, Inglaterra


Lampard, durante partida comandando o Chelsea — Foto: Getty Images

Após a derrota para o Sheffield United no último sábado (11), o ex-jogador e agora treinador do Chelsea, Frank Lampard, ficou preocupado não só pelo quinto lugar na competição nacional não ceder mais uma vaga para a próxima temporada da Liga dos Campeões, já que o Manchester City não será banido do campeonato continental, mas também pela quietude de seus jogadores em campo. Em entrevista coletiva, disse que acredita que a derrota por 3 a 0 se deu mais pelo mental de seus jogadores, do que a parte tática propriamente dita e complementou que “só ouvia as vozes dos jogadores adversários” e afirmou ser algo que deve melhorar.


“É algo que eu identifiquei antes, algo sobre o qual falo com os jogadores e uma das coisas mais fáceis de fazer em campo - ajudar seus colegas de equipe para se expressarem", disse Lampard. “Não temos o suficiente, com certeza. Temos que melhorar e é algo que eu incito nos jogadores, principalmente agora, já que os estádios parecem diferentes”, disse, fazendo alusão às arquibancadas vazias.


O técnico de 42 anos acredita que os jogadores podem ser quietos, contanto que seja fora do jogo e completou que o mais importante é como irão "reagir" para a partida contra o Norwich. O clube londrino espera uma recuperação rápida, já que ainda enfrenta o Manchester United, Liverpool e Wolves: dois confrontos diretos pela vaga à Liga dos Campeões, por isso o treinador quer resultados nesse aspecto.


“O importante agora é como reagiremos e espero isso dos jogadores. Haverá grandes personalidades. Eles precisam se levantar. Não se pode subestimar o quão grande é a mentalidade. É muito fácil olhar para o talento, mas você também deve considerar a atitude dentro da equipe... É algo que podemos melhorar. Jogadores mais jovens podem ser mais vocais. Jogadores mais velhos podem assumir a responsabilidade em ajudar nisso. Estamos em um bom lugar, mas podemos melhorar. Em tempos críticos como esses, onde há muita coisa em jogo, é hora de as pessoas fazerem melhorias”, finalizou.