últimas notícias

🎙️ EXCLUSIVO: Jornalista Neil McLeman fala sobre luta pela Premier League, crise no United e mais













Repórter do periódico inglês 'Daily Mirror' falou com exclusividade ao Zona Mista — Foto: Zona Mista

Por Valentin Furlan – 23 de março

A temporada 2021/22 do futebol inglês ainda não terminou, mas já é uma das mais emocionantes e intrigantes dos últimos tempos. A briga pelo título da Premier League está mais intensa do que nunca, a reta final da Liga dos Campeões promete, como usualmente, embates de muita qualidade técnica e a FA Cup mantém a tradição de imprevisibilidade que conquistou fãs ao longo das últimas décadas.

Ainda, é justo dizer que Liverpool e Manchester City são as duas equipes que deram o pontapé inicial em agosto como candidatas a tudo que disputam e seguem atuando no mais alto nível. Os Reds, inclusive, ergueram recentemente seu primeiro título de copa doméstica sob o comando de Jürgen Klopp. O City, por outro lado, tenta se manter na ponta do nacional, bem como conquistar sua primeira Champions League.

Enquanto isso, outros parecem ter perdido o fôlego durante o ano, como o Manchester United. Os Red Devils repatriaram seu ídolo Cristiano Ronaldo, mas não embalaram e caíram do alto patamar dividido por rivais na luta por canecos. Não bastasse, foi eliminado de todas as copas que disputou, em uma temporada que tem como grande destaque a demissão do ex-técnico Ole Gunnar Solskjaer e o início de trabalho do experiente interino Ralf Rangnick.

Portanto, o ZonaMista.net conversou com o Neil McLeman, repórter inglês do jornal Daily Mirror, que detalhou suas opiniões acerca da temporada e compartilhou a visão de quem acompanha o esporte na Terra da Rainha de (muito) perto.

Acompanhe a entrevista:

ZonaMista.net – Marcelo Bielsa foi demitido do Leeds United após uma dura sequência de apenas um ponto conquistado em 18 disputados e 20 gols sofridos em cinco partidas. Por que e em qual momento exatamente você acha que o caos deixou de ser teoria e se estabeleceu na prática no Elland Road?

Neil McLeman – Bielsa foi brilhante para o Leeds. E para o futebol inglês. [Mas] as lesões de Kalvin Philips e Patrick Bamford se provaram cruciais, já que, sem suas qualidades, o Leeds segue tendo um elenco de jogadores da Championship que correm muito.

Antonio Conte foi manchete após a derrota para o Burnley no final de fevereiro e seus duros comentários sobre a crise instaurada no Tottenham. Poderia nos explicar o desentendimento do técnico com a diretoria a respeito de contratações e profundidade de elenco? Quais as chances, na sua opinião, do italiano seguir seu contrato e ficar para a próxima temporada?

Conte vai revisar sua situação no meio do ano. Ele assinou um contrato de apenas 18 meses, então precisa entrar em acordo por um novo vínculo ou deixar o clube. E ele vai sair a não ser que receba uma quantia considerável de dinheiro para reconstruir o elenco. E isso dependeria da venda de Harry Kane.

Antonio Conte, técnico do Tottenham, após partida pelo Inglês — Foto: Reprodução / Twitter / Premier League

O Liverpool acabou de vencer a Carabao Cup, que acabou se tornando o primeiro título de copa doméstica da 'era Jürgen Klopp'. Qual a importância do troféu para a equipe no seguimento da temporada? Há chances reais de conquistar os quatro campeonatos que disputa?

É claro que a primeira conquista de copa doméstica em uma década é boa, mas há uma razão pela qual nenhum time inglês jamais conseguiu conquistar o quádruplo: é muito difícil. E eu ainda acho que o Manchester City vai vencer a Premier League.

Romelu Lukaku e seus sete toques na bola contra o Crystal Palace, em fevereiro, foram assunto, e as coisas só pareciam piorar recentemente, já que Kai Havertz passou a ter vaga cativa no time titular, como falso 9. Dito isso, existe vaga para Lukaku no sistema de Thomas Tuchel? Se não, então por que trazê-lo por tanto dinheiro?

O Chelsea se frustrou com Lukaku e vice-versa. Ele começou bem, mas, não estando 100% fisicamente, apresenta problemas. Só que o clube pagou muito por ele, seu salário é bem alto, então é difícil vê-lo saindo. Ambos os lados vão ter que fazer isso funcionar.

Lukaku celebra seu primeiro gol marcado no Stamford Bridge, contra o Aston Villa — Foto: Reprodução / Twitter / Premier League

Duas perguntas agora: o Manchester United de Ralf Rangnick é um dos assuntos do momento, dado as recentes eliminações e mais uma temporada sem títulos. Os resultados não são bons. As performances não são boas. O ambiente no vestiário não aparenta ser bom. Por que?

Gerência ruim da diretoria, estratégias pobres para as janelas de transferências e escolhas ruins para o comando técnico. Solksjaer deveria ter saído na última intertemporada e Pochettino deveria ser o substituto. Ao invés disso, eles jogaram mais um ano fora.

Pela primeira vez em algum tempo, entramos no último terço da temporada com, no mínimo, cinco times na briga por uma vaga no top 4, apesar da considerável diferença em pontos e o jogo a menos do Arsenal em relação aos adversários. Mas será mais 'normal' vermos times como West Ham e Wolves – apesar de ambos terem tido seus tropeços – jogando futebol nesse nível ou, no final das contas, tudo se deve à falta de consistência dos favoritos do Big Six?

Depende de por mais quanto tempo os trabalhos ruins dos tradicionais do Big Six vão continuar. Manchester United, Spurs e Arsenal deveriam se classificar para a Europa, mas a riqueza da Premier League é tão grande que clubes medianos, como West Ham e Wolves, conseguem desafiar os clubes mal geridos por gastar dinheiro com inteligência.

Ainda sobre a última pergunta, também temos visto, por outro lado, times tendo problemas com a zona do rebaixamento mesmo após boas temporadas anteriores – são exemplos o Sheffield United de Chris Wilder em 2020/21 e o Aston Villa de Dean Smith e o Leeds de Bielsa em 2021/22. Por que?

O Sheffield United sofreu da 'síndrome da segunda temporada', o Villa não se adaptou à venda de [Jack] Grealish [ao Manchester City] e já falamos sobre o Leeds anteriormente. A Premier League é muito competitiva e o momento é muito importante. Perca isso e você está em apuros.

Uma temporada após reestrear na liga em nono, o Sheffield foi o lanterna — Foto: Reprodução / Twitter / Premier League

Por fim, suas apostas: quem será o campeão, quem vai para a Liga dos Campeões e quem cai para a Championship?

Acho que o top 4 fica formado, na ordem, com Manchester City, Liverpool, Chelsea e Arsenal. Lá embaixo, Everton, Watford e Norwich.