últimas notícias

Em jogo ruim, City e United terminam o clássico de Manchester zerados


Sterling tenta se livrar da marcação de Wan-Bissaka, em dérbi de Manchester — Foto: Getty Images

Por Valentin Furlan, em Manchester (ING) — Na tarde deste sábado (12), Manchester United e Manchester City, empataram pela 12ª rodada da Premier League. Em clássico da cidade, os times se mostraram desconectados com o que realmente poderiam mostrar em campo e tiveram partida ruim tecnicamente. O 0 a 0 acabou sendo um resultado ruim para ambos os rivais, que estacionam no meio da tabela do Inglês.



Os primeiros 45 minutos foram pouco movimentados. Nos primeiros instantes, o United retinha mais a bola, mas pouco infernizava a área adversária. Pelo contrário, era mais perigoso quando pressionava a saída de bola do City, que não encontrava espaços para desenvolver o jogo de Pep Guardiola. Mesmo assim, apesar de escassas, de fato houve chances de gol. A maior delas veio dos pés de Mahrez, já na reta final antes do intervalo - mas, cara a cara com De Gea, o argelino desperdiçou, batendo em cima do espanhol. Sterling também teve outro bom momento, fazendo fila dentro da área, mas teve chute travado. Do lado dos caseiros, Maguire teve oportunidade pelo ar, mas cabeceou por cima do gol. Bruno Fernandes também não aproveitou falta da entrada da área, batendo em cima da barreira.


Mahrez, ponta do Manchester City, durante a primeira etapa no Old Trafford — Foto: Getty Images

A coisa mudou de figura na etapa complementar. As equipes voltaram com mais fome de gols e, agora sim, passavam a incomodar os goleiros adversários. Na verdade, logo aos 3' o árbitro Chris Kavanagh apontava a marca da cal. Rashford fora derrubado dentro d'área por Walker, mas em impedimento, o que anularia o penal. Mesmo assim, os erros e a falta de técnica eram claros. Fernandinho tentou de fora da área, mas a bola passou pelo lado do gol do United. Pouco tempo depois, Gabriel Jesus recebeu e rolou para a chegada de De Bruyne, que bateu em cima de Maguire, de dentro da área. Rashford também era muito acionado, mas não encontrava espaços para finalizar com perigo. Assim, o jogo se encaminhava para um 0 a 0 bem abaixo do que se imaginava. Com muitos erros de passe, pouca criatividade e falta de gols, os dois times ouviram o apito final e dividiram a pontuação deste sábado.


Com o empate, o United segue uma posição à frente do City. Os times dormirão nas posições 7 e 8 da tabela, mas podem ainda perder lugares dependendo dos resultados deste domingo (13). O United tem 20 pontos e o City, 19.