últimas notícias

Em jogão, Manchester United bate Everton com dois de Bruno Fernandes

  • Cavani fechou o placar, no fim; Bernard marcou para o Everton

  • United se distancia do Z-3, na 13ª posição


Jogadores do United comemoram um dos gols, na vitória sobre o Everton — Foto: Getty Images

Por Valentin Furlan, em Liverpool (ING) — Abrindo o sábado de Campeonato Inglês, o Manchester United venceu o Everton no Goodison Park, pela 8ª rodada da Premier League, por 3 a 1. Liderados por Solskjaer, os Diabos Vermelhos conseguiram se recuperar da derrota no meio de semana, na Liga dos Campeões, e se distancia da zona da degola, na tabela da competição nacional.


Os primeiros 45 minutos foram muito movimentados. Lá e cá, a bola rondava tanto a área do Everton, quanto à dos Red Devils, incomodando os goleiros Pickford e De Gea. Dessa forma, o grande volume de jogo de ambos os times só poderia render em gols. A contagem começou aos 18', quando o brasileiro Bernard recebeu lançamento do goleiro, desviado de cabeça por Calvert-Lewin, e cortou, tirando da marcação de Wan-Bissaka. Bateu rasteiro. Seco. A centímetros das luvas do aniversariante De Gea, que se esticou, mas nada pôde fazer. Com a desvantagem no placar, restou ao time comandado pelo pressionado Ole Gunnar Solskjaer se lançar para o ataque, o que gerava perigos lá atrás, tendo em vista chute na trave do lateral dos Toffees, Digne, mas acabou rendendo em tentos. Aos 24', Bruno Fernandes subiu muito alto e cabeceou cruzamento de Luke Shaw para empatar. Pouco tempo depois, aos 32', o mesmo português cruzou para Martial, que não alcançou, e a bola caprichosamente acertou a trave para morrer nas redes de Pickford, que só olhou e não conseguiu evitar o 2 a 1. Nada mal para o jogo que abria os trabalhos do sábado de Premier League.


Rashford, no momento em que cruzamento de Fernandes vai para o gol — Foto: Getty Images


Na etapa complementar, o Everton veio pra cima, o que gerou espaços aproveitados pelo Manchester United. É verdade, o ritmo não foi tão intenso quanto o visto nos primeiros 45 minutos, mas conseguiu fazer com que corações azuis e vermelhos fossem à boca dos torcedores. A equipe de Manchester criou diversas chances para enfim matar o jogo, mas não conseguiu. Nem Rashford, cara a cara, e Maguire, com o gol aberto, conseguiram marcar o terceiro gol, que traria a consequente calmaria, tão desejada pelos Red Devils. Só alguém vindo do banco para mudar a situação: já nos acréscimos, Cavani recebeu, durante contra-golpe, na cara de Pickford. Com instinto artilheiro, foi só tirar do inglês e fechar o caixão azul. Com muita solidez defensiva, o Manchester United venceu por 3 a 1.


Calvert-Lewin lamenta chance perdida, durante a etapa complementar — Foto: Getty Images

Com o resultado, o Everton cai para a 5ª colocação, com 13 pontos, e perde a chance de assumir a liderança do Inglês. Do outro lado, o Manchester United sobe duas posições provisoriamente e consegue respirar longe do Z-3. O time tem 10 pontos e figura em 13°.



E mAIS