top of page

VEJA TAMBÉM

Baltimore Ravens x Kansas City Chiefs: Prévia

  • Partida marca encontro de dois candidatos ao título de MVP

  • Kick-off está marcado para às 21h20 desta segunda


Por Luiz Belotti e Valentin Furlan


Lamar Jackson (à esquerda) e Patrick Mahomes (à direita) se enfrentarão no M&T Bank Stadium — Foto: Zona Mista

BALTIMORE, MD -- O Monday Night Football da semana 3 terá um dos duelos mais esperados da temporada e uma possível prévia de uma final da conferência americana com dois quarterbacks candidatos a Jogador Mais Valioso da liga. Às 21h20, os Ravens do atual MVP Lamar Jackson receberão os atuais campeões, Chiefs, liderados por Patrick Mahomes, no M&T Bank Stadium.



Algum dos invictos cai

Os dois times começaram a temporada da melhor maneira possível. Na semana 1, o jogo corrido dos Chiefs apareceu muito bem com o calouro Clyde Edwards-Helaire. Além disso, Travis Kelce mostrou que continua sendo uma uma conexão segura a Mahomes, que segue se portando como um verdadeiro quarterback de elite.


No jogo seguinte, tiveram um confronto bem disputado contra o rival de divisão Chargers na estreia de Justin Herbert, draftado por Los Angeles na primeira rodada deste ano. Em campo, Mahomes usou muito o braço - foram 47 tentativas de passe, o que não é ideal seja para a saúde do quarterback, seja para ameaçar através do jogo corrido. Pelo chão, foram 22 snaps para 125 jardas.


Os Ravens, por outro lado, também demonstraram que a derrota nos playoffs para os Titans não abalaram o time. No jogo contra os Browns, Lamar foi simplesmente fantástico: a química com Andrews continua forte e o jogo corrido muito eficiente, abrindo espaço para os passes certeiros do camisa 8. Na semana passada, mais uma vitória sem muitas preocupações, dessa vez contra os Texans. Houve mais sinais claros da evolução de Lamar, que liderou o time pelo térreo - como habitualmente o faz - e pelo ar. Ao todo, foram 24 tentativas de conexão, sendo 18 completas, totalizando mais de 200 jardas.



Vai correr com a bola, Andy Reid?


Essa precisa ser a mudança. O jogo terrestre precisa funcionar e a distribuição de chamada, ser mais próxima. Caso as play calls sejam visem muito ao ar, o time se torna muito previsível e mais fácil de ser marcado, mesmo se tratando de Patrick Mahomes do outro lado. Além disso, contra uma defesa tão eficiente quanto a dos Ravens, isso pode se tornar um problema, ainda mais lembrando do fato de Mahomes seguir protegendo muito bem a bola e evitando passes forçados que podem resultar em uma interceptação. Assim, para que a engrenagem aérea funcione, Helaire precisa conquistar jardas e dar maiores preocupações ao front seven de Baltimore e dar o bote na secundária quando possível.


Playbook heterogêneo é a resposta


Para os Ravens, manter o bom trabalho no jogo aéreo é essencial. As defesas adversárias esperam muito o jogadas pelo chão, com ambos Lamar e Mark Ingram, e o uso do play action pode ser uma arma muito forte.



Sem inventar muito na defesa


Por mais que enfrentar Patrick Mahomes seja sempre problemático, há uma regra simples aos treinadores menos propensos a sofrer riscos: marcação homem-a-homem. Por mais que a defesa de Baltimore seja fantástica, Mahomes sempre encontra uma janela - por menor que esta seja - entre recebedor e a zone-coverage. Tentar forçar incompletions ou minimizar o tempo de lançamento podem ser a resposta.



Ficha técnica

Data: segunda-feira, 28 de setembro de 2020;

Horário: 21h20;

Local: M&T Bank Stadium - Baltimore, Maryland;

Árbitro principal: John Hussey;

Transmissão: ESPN e NFL Game Pass.

Comments


bottom of page