últimas notícias

Mercedes ainda não conseguiu retirar pneu 'problemático' do carro de Bottas

Atualizado: 25 de mai. de 2021


Momento em que mecânicos tentavam retirar o pneu dianteiro direito de Bottas; finlandês acabou abandonando a partida — Foto: Mark Thompson / Getty Images

Após o chefe de equipe da Mercedes, Toto Wolff, descrever o Grande Prêmio de Mônaco como um "desastre" e negar erros de estratégia em corrida extremamente ruim de Lewis Hamilton, a notícia que chega de Monte Carlo é que a Mercedes ainda não conseguiu retirar a roda dianteira direita de Bottas, que acabou abandonando a corrida após quase um minuto de tentativas, durante sua parada nos boxes.

Dito isso, o diretor-técnico da equipe alemã, James Allison, revelou na tarde desta segunda-feira (24) que o carro segue na garagem do circuito de Monte Carlo e ainda sobre o composto macio, do início da prova de domingo.

"Não tiramos a roda. O carro ainda está na garagem com a roda presa. Terá de ser serrado, mas o faremos na fábrica. Se o encaixe da pistola com a porca não for ideal, você acaba danificando a superfície de contato. É como usar uma "chave philips" que não encaixou direito no parafuso. Você acaba danificando a cabeça do parafuso, tornando impossível fazê-lo girar porque a área de contato com a chave foi destruída. O mesmo pode acontecer com nossas porcas quando a pistola come a superfície da porca. Com o poder da pistola, você acaba ficando com uma superfície lisa e sem aderência. Foi o que aconteceu no pit stop", afirmou Allison ao Motorsport.com.

LEIA: Veja toda a história do GP de Mônaco


Após a decepcionante prova, Bottas desabafou em sua conta oficial no Twitter.

"Má sorte. Não posso colocar em palavras o quão desapontador é este DNF (did not finish the race - 'não terminou a corrida', em tradução literal). Com os esforços que centramos neste fim de semana, novamente, e terminar com 0 pontos. Dia de aprendizado para nós, como uma equipe. Mas permanecemos juntos e voltamos mais fortes!", disse Bottas.

Após a corrida, Toto Wolff também não pôde esconder a frustração.

"Foi um dia desastroso para ele [Bottas] e tampouco foi melhor para nós. Nos faltou ritmo durante o fim de semana inteiro, é simples assim, e a falha no pit stop é algo a ser estudado, já que acertamos completamente na porca. Já com o Lewis, simplesmente não tivemos ritmo no carro", explicou o mandachuva.