últimas notícias

McLaren aguarda análise da Renault para entender a causa do problema no carro de Sainz na Bélgica

  • Com possível problema no escapamento, espanhol não participou do Grand Prix

  • Chefe de equipe da McLaren: "Precisamos esperar a análise do lado da Reanult sobre esse ponto em específico"


Por ZonaMista.net — Spa, Bélgica


Sainz conversando com mecânico, durante Grande Prêmio da Bélgica — Foto: McLaren F1

A McLaren segue no aguardo de relatórios da unidade de potência do carro de Carlos Sainz para descobrir a razão de o espanhol não ter participado da corrida em Spa-Francorchamps, neste fim de semana.


Pouco antes do início do GP, a equipe inglesa notou um problema no exaustor do carro do espanhol já nas voltas de instalação. Essa questão acabou forçando com que o piloto assistisse à corrida diretamente do paddock.


Apesar daprimeira informação divulgada instantes após o ocorrido, o chefe de equipe da McLaren, Andreas Siedl, afirmou que ainda seria necessária uma análise mais a fundo do fornecedor do motor - a Renault - para decidir se Sainz precisará de outra unidade para o Grande Prêmio da Itália, no próximo final de semana, em Monza.


"Precisamos esperar a análise do lado da Reanult sobre esse ponto em específico. No fim, percebemos que era um problema interno na unidade de potência, que então danificou a traseira e o escapamento do carro", afirmou o alemão.

Carro de Sainz, antes do início da corrida — Foto: McLaren F1

O engenheiro ainda lamentou a ausência de Sainz na corrida, dizendo que se tratava de uma "grande decepção".


"É difícil para o Carlos aceitar algo como hoje. Foi uma grande decepção para ele, mas não é diferente para nós, para a equipe. Mas no fim das contas isso infelizmente também faz parte das corridas, até certo ponto, e é importante se ater aos fatos, analisar sempre que estiver dando errado, o que houve, aprender com isso e tentar fazer com que não aconteça novamente", finalizou.