últimas notícias

Liverpool domina, bate o Sheffield e segue na liderança isolada da Premier League

Time abre 13 pontos de vantagem sobre o Leicester; Mo Salah e Sadio Mané marcaram para os Reds


Mané e Firmino comemorando o segundo gol da partida — Foto: Liverpool FC

Nesta quinta-feira (02), o líder Liverpool recebeu uma das sensações da competição, até agora, o Sheffield Utd, em Anfield, pelo fechamento da 21ª rodada da Premier League. Os Reds acabram vencendo por 2 a 0, com gols de Mo Salah e Sadio Mané.


Van Dijk aquecendo, antes do apito inicial — Foto> Premier League


1° tempo


Logo aos 4', Van Dijk lançou Robertson na lateral e Baldock acabou escorregando, dando tamanha liberdade para o escocês cruzar e Salah completar para o fundo do gol.


Salah marcando, após cruzamento rasteiro de Robertson — Foto: Premier League

Não por isso o Sheffield se acanhou, McGoldrick tentou de fora da área, para Alisson espalmar para escanteio, e Salah respondeu de bate-pronto, ao receber chuveirinho de Henderson, meio-campista, e obrigar o outro Henderson, goleiro, a praticar bela defesa. Aos 14', Lundstram chegou a balançar as redes, mas o bandeirinha já havia assinalado o impedimento claro, VAR não teve maiores dificuldades. E os Reds continuavam a pressão: Wijnaldum teve boa chance, aos 19', mas bateu pra fora, da entrada da área, depois de receber de Mané. Depois de muitas disputas no meio campo, teríamos uma próxima chance apenas 10 minutos depois, com Salah, chutando firme para mais uma boa defesa de Henderson, da entrada da grande área. O Sheffield até tinha posse de bola mas era encurralado pelo meio-campo da casa. Assim, os chutões e ligações diretas acabavam dando novamente a bola ao Liverpool. Com isso, o time dominou totalmente a etapa inicial.



2° tempo


Começa com muito toque de bola. O Liverpool seguiu dominando e não sofreu lá atrás. A primeira chance, na verdade, veio com Firmino, aos 12', ao cortar para dentro e bater de fora da área perigosamente sobre o travessão. Aos 20', Mané partiu em arrancada e tabelou com Salah até se ver na cara do gol e pegar o rebote livre e de cara para a sociedade, depois de primeira defesa do goleiro.


Comemoração do gol de Mané — Foto: Liverpool FC

Não parou por aí: o time ainda achou a trave e só não ampliou devido à grande atuação do goleiro Henderson.


Firmino disputando bola com a marcação — Foto: Liverpool FC


Estatísticas




O que deu certo? O que deu errado?


Foi um atropelo. O que, à princípio, seria um jogo difícil e enjoado para os líderes do campeonato, acabou se tornando apenas mais uma vitória fácil dos Reds na temporada. O famoso lançamento da defesa para a lateral de ataque funcionou novamente (assim saiu o primeiro gol), enquanto, o contra-ataque e saídas em velocidades do Sheffield acabaram não acontecendo, devido ao tamanho domínio no meio campo da equipe da casa.


Claro, o meio-campo, como dito, foi o fator determinante da partida. O Sheffield não conseguia sair jogando, teve amplas dificuldades. Talvez o gol cedo tenha acabado com a moral da equipe, é verdade, mas e fato que o time não entrou em campo.



E agora?


Depois da vitória, o Liverpool vai aos 13 pontos de vantagem sobre o vice-colocado Leicester, mas com um jogo a menos, vale o destaque, com 58 pontos. A equipe tem dérbi, contra o Tottenham, no sábado (11), às 15h30, fora de casa.


O Sheffield, por outro lado, perdeu pela primeira vez na temporada duas partidas seguidas e permanece com 29 pontos, em 8°. A equipe recebe o West Ham, em jogo isolado, às 17h, da sexta-feira (10).


Os dois pontas, Salah e Mané, na ordem, celebrando a abertura do placar — Foto: Liverpool FC