últimas notícias

Kompany recusa convite de Pep Guardiola para ser auxiliar-técnico no City

  • Zagueiro seguia como jogador-treinador no Anderlecht

  • Belga tem contrato válido até 2022


Kompany, durante partida pelo Anderlecht — Foto: AFP

Vincent Kompany, ex-jogador e ídolo do Manchester City, recusou um convite de Pep Guardiola em trabalhar como seu auxiliar-técnico. O defensor preferiu seguir atuando pelo Anderlecht. Kompany havia iniciado a temporada como jogador-treinador da equipe, mas preferiu encerrar sua dupla-posição e seguir apenas como atleta.


O lugar, atualmente ocupado por Rodolfo Borrell, está 'vago' desde a saída de Mikel Arteta, que foi anunciado treinador do Arsenal em dezembro do ano passado. Arteta que, inclusive, enfrentará Guardiola, quando os Gunners visitam o City no Etihad Stadium, logo no primeiro dia depois da paralisação da Premier League em função da pandemia do novo coronavírus.


Na ordem, Guardiola, Rodolfo e Arteta, durante sessão de treinamentos do City, antes de Mikel acertar com o Arsenal — Foto: Getty Images

Ainda, o treinador ex-citizen foi o estopim para que os jogos do Campeonato Inglês fossem adiados, sendo uma das primeiras figuras do futebol britânico a apresentar resultado positivo em teste flagrante da Covid-19.


A sondagem Guardiola-Kompany na verdade foi feita justamente nessa época de paralisações de praticamente todos os campeonatos de futebol do mundo, em março. O portal As, no entanto, só divulgou uma reportagem nesta semana.


Kompany e Guardiola se abraçando após vitória do City sobre o Leicester na temporada passada; zagueiro acabou fazendo o gol decisivo — Foto: Getty Images

O jogador não tem tido temporada fácil na Bélgica. Com problemas financeiros e em oitavo lugar na tabela, antes do fim do nacional, o Anderlecht tem motivos a comemorar pela permanência de Kompany. Tendo sido revelado pela equipe, se postou leal ao clube e não deve pendurar as chuteiras tão cedo, conforme manifestações do próprio atleta.


Apesar de ter recusado o convite de Guardiola, é bem provável que o zagueiro encontre portas abertas caso deseje figurar a comissão técnica do clube em alguns anos. Por enquanto, segue em seu país natal atuando no clube o qual o revelou e assim deve ser por mais algum tempo.