últimas notícias

🗣️ Klopp diz que disputa acirrada no Inglês faz bem para Liverpool e City













Klopp: "Se não estivéssemos aqui, o City teria sido campeão em fevereiro nos últimos anos”

Por Redação – 08 de março

Liverpool e Manchester City se encontram, mais uma vez, como os dois principais candidatos ao título da Premier League, e, para Jürgen Klopp, técnico dos Reds, isso não é surpresa nenhuma.

Nesta segunda-feira (07), um dia antes da partida decisiva pelas oitavas de final da Liga dos Campeões contra a Inter de Milão, o comandante comentou sobre a acirrada luta na ponta da tabela do Campeonato Inglês e atribuiu tanto equilíbrio conquistado às próprias equipes, que forçam uma a outra a evoluir.


“Nós nos pressionamos ao longo dos últimos anos”, disse o treinador. “Eu já disse isso antes: se não estivéssemos aqui, o City teria sido campeão em fevereiro nos últimos anos. E se o City não estivesse aqui, talvez nós teríamos sido".

E completou: “Não são só eles. O Chelsea estava em um nível diferente na final da Carabao Cup”.

Tanta qualidade fez os dois times dominarem as quatro últimas edições do Campeonato Inglês, além de terem participado de três das últimas quatro finais da Liga dos Campeões. Atualmente, seis pontos separam os dois rivais na tabela da Premier League, com o Liverpool tendo um jogo a menos. Caso traga a diferença novamente para três pontos, o duelo do próximo dia 10 de abril, no Etihad Stadium, pode ser uma final antecipada na reta final da temporada.

Muito antes disso, contudo, o Liverpool enfrenta a Inter de Milão, no Anfield, pela partida de volta das oitavas de final da Champions League. A bola vai rolar às 17h (de Brasília) desta terça-feira (08). Os Reds possuem boa vantagem no agregado, após vitória por 2 a 0 na ida, e podem perder por até um gol de diferença para avançarem às quartas.

Leia também

+ Tottenham massacra o Everton, que se complica na tabela

+ Sem espaço, Rashford reconsidera seu futuro no Manchester United

+ Mbappé sofre lesão no pé, mas deve enfrentar o Real Madrid, diz jornal