últimas notícias

Gunther Steiner: "Não fico satisfeito" em disputar posições com a Ferrari no GP da Bélgica

  • Steiner: "Ninguém vem aqui [Bélgica] para tentar conseguir uma 12ª, 13ª posição"

  • Equipe vem sofrendo com motor e desempenho ruim do carro em 2020


Por ZonaMista.net — Spa, Bélgica


Comandante da equipe da Haas insatisfeito com atual desempenho da Haas na temporada — Foto: Getty Images

O chefe de equipe da Haas, Gunther Steiner, afirmou que não se sente "satisfeito" em correr contra a Ferrari, na parte de trás do grid.


"Claro que você ganha um pouco de satisfação por isso, ao menos você está correndo contra algo. Mas para ser sincero ninguém vem aqui [Bélgica] para tentar conseguir uma 12ª, 13ª posição. Você não vem aqui para isso", lamentou em entrevista ao Autosport.


O italiano ainda comentou sobre a grande perda de potência dos motores Ferrari, quando em comparação com as temporadas passadas.


"Ao longo das últimas seis corridas nós sabíamos muito bem onde estávamos. O que não sabíamos exatamente era o quão grande isso [a perda de potência] seria".


O comandante ainda fez uma breve análise sobre o que a equipe americana espera conseguir em Monza, no próximo final de semana.


"Certamente Monza será um grande desafio. Vamos para lá com conhecimento de causa e apenas tentando fazer o nosso melhor durante todo o fim de semana, apenas para obter o melhor de tudo o que temos. É isso que precisamos fazer nessa posição", disse Steiner.


No Grande Prêmio da Bélgica, a Haas teve sérios problemas, sobretudo na sexta-feira (27), quando perdeu praticamente todo o 1° Treino Livre, por problemas nos carros. Na corrida, o Grosejan teve o melhor desempenho, terminando em 15°, a 3,9 segundos de Sebastian Vettel e 1,8, de Charles Leclerc, que terminara em 13º e 14°, na ordem.


Carro da Haas, durante corrida em Spa-Francorchamps, no último fim de semana — Foto: Haas F1 Team