últimas notícias

🗣️ Guardiola elogia CR7 antes do "jogo mais importante de todos": "Uma máquina de gols"



Pep Guardiola, técnico do City, durante partida contra o Brugge em Manchester — Foto: Divulgação / Manchester City

Por Redação do ZonaMista.net – 4 de novembro


Apesar da recente forma ruim dos rivais de cidade, o Manchester United, Pep Guardiola, comandante do Manchester City, disse que o dérbi de sábado (06) contra os Red Devils será o jogo "mais importante de todos", em entrevista coletiva seguindo vitória sobre o Club Brugge na quarta-feira (03), pela Liga dos Campeões. O espanhol também lembrou de Cristiano Ronaldo, que, conforme comprovado recentemente e ao longo dos anos, decide partidas independente da situação em que os Red Devils se encontram.

"Eu não assisti ao jogo do United [contra a Atalanta], vou analisar e ver como eles estão para saber o quão bom eles serão", começou. "Nós vimos isso na temporada passada. Eles têm um dos melhores jogadores da história, um cara que pode ser uma máquina de gols", disse o espanhol, se referindo a Cristiano Ronaldo, que anotou gol no empate em 2 a 2 de terça (02) nos acréscimos.

O treinador também tocou em um ponto que incomodou uma parte da torcida citizen, após dizer que o jogo de quarta seria mais importante do que o clássico de sábado (06).

+ ASSISTA: Antonio Conte dá primeira entrevista como treinador do Tottenham

"As pessoas [se incomodaram] pelo fato de eu ter dito que [o jogo de] hoje era mais importante do que [a partida contra] o United. E era", explicou. "Agora, o jogo mais importante de todos é contra o United."

Além de fazer prévia para a partida de sábado, o técnico, claro, passou pelos pontos principais da vitória por 4 a 1 sobre o Brugge no Etihad.

"O segundo tempo foi muito bom. [Foi] um bom jogo, uma boa vitória. Nós precisamos de um ponto para avançar e três para avançar", seguiu.

+ Veja os gols da vitória dos citizens contra o Brugge!

Por fim, o treinador manteve a simplicidade ao falar do calendário inglês. Inúmeras vezes crítico do mesmo, se manteve ao pragmatismo dessa vez: "Se quiserem que joguemos amanhã, jogaremos amanhã. O calendário é o calendário. Estaremos no Old Trafford às 12h30 (horário da Inglaterra) no sábado."