últimas notícias

GP da Estíria: Com Williams e McLaren surpreendendo, Hamilton vence Verstappen e largará na pole

  • Inglês conseguiu sua primeira pole position do ano

  • Veja a história do treino classificatório deste sábado (11)


Por Saulo Bastos, com participação de Valentin Furlan — Spielberg, Áustria


Hamilton superou Verstappen em mais de um segundo e larga na primeira posição neste domingo (12) — Foto: Mercedes-AMG F1

Após o cancelamento do 3° Treino Livre na manhã deste sábado, os fãs de Fórmula 1 puderam finalmente assistir aos carros indo para a pista no dia. Com quase uma hora de atraso e após várias entradas do Safety Car na pista para averiguação da situação do asfalto, a chuva enfim deu leve trégua e possibilitou o início dos trabalhos.



+ Veja a classificação completa e atualizada do Campeonato Mundial dos pilotos e dos construtores


+ GP da Estíria: Leclerc é penalizado por incidente no Qualyfying e perde posições no grid



Q1 IMPREVISÍVEL


Após uma espera de 45 minutos, os pilotos partiram para o Qualifyng. Todos utilizando os pneus para chuva extrema, havia ali uma constante alteração no grid, já que cada vez mais os tempos foram baixando, devido à melhora da pista lotada com os pilotos, que, ao longo do tempo, foram dissipando a água que estava acumulada no asfalto.


A 5 minutos do fim, não havia como saber quem seria eliminado prematuramente, figurando entre os 5 últimos colocados. O fato é que as condições da pista permitiriam a qualquer piloto encaixar uma volta boa e assim garantir sua vaga na próxima etapa do classificatório.


Quando nos aproximávamos do final, Giovinazzi, em uma busca desesperada para melhorar seu tempo, acabou rodando no final da curva 9, provocando bandeira vermelha e o decretando o final do Q1, que estava a apenas 15 segundo da bandeira quadriculada.


Passaram ao Q2: Hamilton, Verstappen, Norris, Sainz, Bottas, Ricciardo, Ocon, Stroll, Kvyat, Gasly, Vettel, Russell, Leclerc, Albon e Magnussen. Foram eliminados: Räikkönen, Pérez, Latifi, Giovinazzi e Grosjean.


Mesmo com condições fora do normal, vai o destaque para o excelente trabalho de McLaren, Renault e AlphaTauri. Também para George Russell, que levou sua Williams à uma surpreendente 12ª colocação.


Williams foi uma das surpresas do treino, chegando ao Q2 — Foto: Williams Racing

A decepção de ficou por conta de Sergio Pérez e sua Racing Point, que, após terem ido tão bem nos treinos anteriores, foram precocemente eliminados e largarão apenas na 17ª posição. Grosjean segue seu calvário e sequer completou uma volta, amargando na última posição do grid.



Acompanhe os resultados, ao fim do Q1:


Os melhores tempos de volta do Q1 — Foto: FOM / Reprodução


Q2 TAMBÉM MUITO DISPUTADO


Tão logo o cronômetro começou a conferir o tempo, todos os pilotos foram à pista. Estava claro que, quanto mais voltas fizessem, mais a pista melhoraria e, assim, os tempos também iriam baixar.


Assim como na sessão anterior, os pilotos iam se alternado na liderança, não havendo como sugerir quem seriam os pilotos eliminados.


O cronômetro zerou e, após uma disputa segundo a segundo, os melhores colocados, respectivamente, foram: Hamilton, Verstappen, Norris, Bottas, Gasly, Ocon, Sainz, Albon, Ricciardo e Vettel. São as duas Mercedes, as McLaren, as duas Red Bull, as Renault e uma AlphaTauri e uma Ferrari.


Foram eliminados Charles Leclerc (Ferrari), Russell, que foi até onde sua Williams teve condições, e Stroll, que acabou levando mais um ar de decepção à Racing Point, ante ao bom final de semana que vinha fazendo. Ainda, Kvyat e Magnussen completaram os cinco que deixaram a pista mais cedo.



Acompanhe os resultados, ao fim do Q2:


Os melhores tempos de volta do Q2 — Foto: FOM / Reprodução


Q3 E A BRIGA INTENSA PELA POLE


Com a previsão de que o GP fosse disputado sob a pista seca, o Q3 tornou-se muito importante para as pretensões dos pilotos. Tínhamos Lewis Hamilton, com sede de recuperação do final de semana anterior, quando foi apenas o quarto colocado, vendo seu companheiro de equipe vencer a prova e uma Red Bull que não pontuara com nenhum de seus pilotos. Desta vez, apenas 10 minutos estavam disponíveis para que os pilotos arriscassem o máximo possível.


Cronômetro zerado e Lewis Hamilton (Mercedes) conquistou sua 87ª pole position, com o tempo de 1m19s273, impondo uma diferença de 1s216 sobre o segundo colocado, Max Verstappen (Red Bull). A terceira posição foi de Carlos Sainz (McLaren), seguido de Bottas (Mercedes), Ocon (Renault), Norris (McLaren), Albon (Red Bull), Gasly (AlphaTauri), Ricciardo (Renault) e Vettel (Ferrari).



COMO FICOU A LARGADA


Os melhores tempos de volta do Treino Classificatório — Foto: FOM / Reprodução


+ Veja a classificação completa e atualizada do Campeonato Mundial dos pilotos e dos construtores

+ GP da Estíria: Leclerc é penalizado por incidente no Qualyfying e perde posições no grid



A largada do GP da Estíria 2020, em Spielberg, acontecerá neste domingo, às 10h10. O ZonaMista.net fara a cobertura completa da corrida. Para ver o resumo e análise de todos os treinos do fim de semana, clique aqui!