últimas notícias

Em jogo recheado de polêmicas, Palmeiras e Inter de Limeira ficam no empate

Atualizado: 27 de mai. de 2020

Palmeiras domina a partida, tem praticamente todo o segundo tempo com homem a mais, mas não marca; equipes ficam na bronca com erros de arbitragem


Luiz Adriano lamenta chance perdida contra a Inter de Limeira — Foto: globoesporte.com

Na tarde deste sábado (13), o Palmeiras visitou a Inter de Limeira, pela 10ª rodada do Campeonato Paulista no Limeirão. O empate sem gols acabou marcado por muita reclamação entre os times perante erros lamentáveis de arbitragem.



Estatísticas




1° tempo


Como já era imaginado, o Palmeiras dominou a Inter. Apesar de criar boas chances, não conseguiu marcar. Primeiro, Dudu tentou de fora da grande área e acabou mandando pra fora. Depois, Luiz Adriano perdeu a chance mais clara até então: William rolou para o camisa 10 chutar em cima do goleiro Rafael Pin. Bigode tentou pegar o rebote, mas isolou. Ainda houve tempo de Rony se atrapalhar todo e sair com a bola e tudo, com o gol aberto, após finalização perigosa defendida pelo goleiro para dentro da área. No último lance da partida, Dudu mandou na trave, de meia distância. A única chance da Inter veio em passe para Murilo que, de cara pro gol, isolou. Vale o destaque para um pênalti não marcado no primeiro lance do tempo para o time da casa. O árbitro, no entanto, Vinícius Furlan, deixou o jogo seguir, apesar de intensa reclamação da Internacional.



2° tempo


Na volta para a etapa complementar, Luxa mexeu duas vezes no Palestra. Bruno Henrique deu lugar à Patrick de Paula e Ramires, a Zé Rafael. Antes de se concretizar o primeiro minuto, Dudu chutava para a belíssima defesa de Pin. Aos 07', Airton foi expulso de campo ao acertar um chute em Matías Viña, que acabou ficando entre o atacante e a bola. O Palmeiras teve outra chance com Lucas Lima, que chutou em cima do goleiro, depois de João Vitor afastar mal cruzamento. Dudu também teve ótima chance, mas pegou mal de frente para o gol depois de Léo tirar bola na área. Para fechar o cardápio do dia, a Inter se irritou com a falta de cartão vermelho para Felipe Melo, que deixou o cotovelo em cima de Lucas Braga. Mas, não fosse por isso, Marcos Rocha deu entrada forte boba e recebeu o segundo amarelo. Assim, o Palmeiras pressionou, ainda quase marcou em gol contra, teve um pênalti não marcado em cima de Rony, mas o descontentamento a berros e reclamações de Luxemburgo na beira do campo evidenciaram a falta de efetividade alviverde perante o compacto 5-4-0 implantado por Elano e a partida se encerrou zerada sob grande confusão.



E agora?


Com o resultado, o Palmeiras segue na vice-colocação do grupo B, com a mesma pontuação do RB Bragantino que ainda joga na rodada. A Inter, por um outro lado, fica em 3° do C, 4 pontos à frente da zona do rebaixamento. Com a suspensão da Libertadores, o Palmeiras só volta a campo no próximo domingo (22), em Itaquera, pelo dérbi paulista, contra o Corinthians. A Inter recebe o Oeste no mesmo dia.