últimas notícias

Em jogão, Tottenham sofre virada e perde para os Wolves

Time foi melhor na etapa inicial, mas teve erros defensivos que custaram derrota no segundo tempo; acompanhe a análise e números



Na manhã deste domingo (01), Tottenham e Wolverhampton se enfrentaram no Tottenham Hotspur Stadium, em Londres.


Os Spurs foram derrotados pelo placar de 3 a 2, com gols de Matt Doherty, Diogo Jota e Raúl Jiménez. Bergwijn e Aurier marcaram para o time de Mourinho.



1° tempo


Foi muito movimentada. O Tottenham foi melhor, é bem verdade, mas os Wolves jogaram bem também, é inegável. Apesar de minutos iniciais de posse quase que totalmente londrina, o time de Wolverhampton já mostrava que visava os contra-ataques e jogar no erro dos Spurs. Contudo, o rumo do jogo muda com o gol de Bergwijn, que, aos 13', depois de defesa de Rui Patrício em chute de Dele Alli seguindo cruzamento rasteiro de Aurier, bateu seco no gol aberto, já que os Wolves teriam que mudar o esquema de jogo, antes, mais passivo.


Holandês comemorando a abertura do placar, em Londres — Foto: Premier League

E deu certo. Doherty recebeu cruzamento aos 27' e, mesmo quase perdendo a bola, girou, batendo de dentro da pequena área, empatando, assim, a partida, em um momento onde a equipe amarela era melhor.


Zagueiro saindo em celebração ao marcar o gol de empate na etapa inicial — Foto: Premier League

No entanto, com isso, as táticas voltam às do começo do embate, tendo o time de José Mourinho tentando mais o ataque novamente. Em uma blitz, Alli quase marca em 'microbicicleta', mas o gol(aço) só sairia com Aurier, ao apagar das luzes: Dele abriu com o lateral, que cortou para dentro, e bateu na bochecha da rede, da entrada da grande área, deixando o Tottenham mais uma vez no comando do marcador.


Aurier finalizando para colocar o Tottenham com a vitória parcial, durante o intervalo — Foto: Premier League


2° tempo


A bola pune, já dizia o poeta. E como puniu. O Tottenham, mesmo com a vantagem, voltou melhor para a etapa complementar e quase marcou com Dele Alli em cabeçada que tirou tinta da trave. Foram primeiros minutos em que os Wolves não se encontraram no Tottenham Hotspur Stadium. Contudo, já dizia o poeta... Praticamente na primeira chegada à área adversária o Wolverhampton conseguiu jogada muito bem trabalhada até cruzamento chegar em Diogo Jota de frente para a sociedade.


Jota (mais alto) e Doherty, depois de gol de empate — Foto: Premier League

Não bastasse isso, os deuses do futebol ainda presentearão aqueles fãs de contra-golpes com um chapelaço de Diogo Jota e puxada em velocidade pela esquerda. Antes de te contar o gol, vale destacar da imensa bobeada do Tottenham que não marcou quando precisava e diminuiu a marcha quando não podia. Agora sim, voltando... O goleador, desta vez, foi garçom e serviu Jiménez, que tirou da marcação com paradinha e mandou no ângulo para virar a partida. Eu sei. Parece poema. Mas não se engane, caríssimo leitor, é só futebol.


Mexicano comemorando a virada de jogo, no estádio do Tottenham — Foto: Sky Sports


E agora?


Com a derrota por 3 a 2, os Spurs perdem colocação na tabela e caem para 7°, justamente atrás dos Wolves, uma posição à frente. As equipes ficam separadas por dois pontos, tendo, respectivamente, 40 e 42.


Na próxima rodada, o Wolverhamtpon peg o Brighton ao meio-dia do próximo sábado (07). Antes disso, os Spurs pegam o Norwich, novamente em casa, pela FA Cup, na quarta (04), às 16h45.


Elenco dos Wolves celebrando gol de Raúl Jiménez — Foto: Premier League


Estatísticas