últimas notícias

🤯 Em grande jogo de seis gols, United cochila, toma gol no último lance e empata com o Everton


Elenco dos Toffees celebram empate no fim — Foto: Getty Images

🤯 Em grande jogo de seis gols, United cochila, sofre gol no último lance e empata com o Everton no Old Trafford

Por Felipe Wolp Lunardelli, em Manchester (ING)

06/02/2021 — 18h56

 

No fim de tarde deste sábado (06), o Manchester United venceu o Everton por 3 a 2 em partida válida pela 23ª rodada da Premier League, no Old Trafford. Os Red Devils chegaram para a partida na 2ª colocação do campeonato e vieram para o jogo com força máxima para não deixar seu rival City abrir vantagem na liderança. Os Toffees vinham oscilando nas últimas partidas e buscavam uma vitória para voltar ao G4. Veja a tabela completa e atualizada da Premier League, clicando aqui!


McTominay celebra seu gol em Old Trafford — Foto: Getty Images

 

1° tempo


Em um primeiro momento, a partida mostrou que seria bem acirrada, afinal, até os 15 primeiros minutos, tudo o que se viu foram dois times com uma marcação forte e intensa, mas sem oportunidades de gols. Até então vimos apenas uma finalização acontecer em favor ao United. O Everton errava muitos passes e não conseguia passar do meio de campo. Assim, com mais posse de bola, os donos da casa ocupavam o campo de ataque por mais tempo e, em jogada pela lateral do campo, Rashford cruzou com maestria para que o uruguaio Cavani abrisse o placar, de cabeça, mais uma vez contra o Everton na temporada, chegando ao seu sexto gol na liga. E os Red Devils mantiveram um certo domínio, finalizando mais ao gol, mas sem muito perigo, até que o meia português Bruno Fernandes, finalizou de fora da área com muita curva e pegou o goleiro adiantado, marcando um golaço e ampliando o placar.


Rashford tenta escapar da marcação de Keane, durante partida contra os Toffees — Foto: Getty Images

 

2° tempo


Logo na volta do vestiário, os Red Devils mostraram que não mudariam sua postura e tiveram a primeira chance clara de gol na segunda etapa, porém parando em Olsen. E como diz uma das máximas do futebol - quem não faz, toma -, De Gea falhou, espalmando um cruzamento fraco para o meio da área, e Doucouré foi oportuno, tendo só o trabalho de empurrar a bola e diminuir o placar da partida. E se o intuito de Ancelotti era empatar em pouco tempo para não deixar o Manchester administrar o placar, o objetivo foi concluído com sucesso. Apenas 3 minutos depois, James Rodríguez aproveitou uma sobra e finalizou forte no canto esquerdo, atingindo a bochecha da rede. A partir daí o jogo tomou uma cara bem definida: o time comandado por Solskjaer ficava com bola, se movimentava e tentava quebrar as linhas, agora mais baixas, do time de Carlo Ancelotti, que esperava para sair no contra-ataque. Essas trocas de passe até renderam algumas oportunidades ao time caseiro, mas foi de uma falta lateral cobrada por Bruno Fernandes que saiu o gol de desempate. McTominay subiu mais alto e desviou de cabeça o suficiente para tirar Olsen da bola e colocar os Devils à frente mais uma vez. Contudo, no último lance, Calvert-Lewin aproveitou escanteio e completou cruzamento para empatar fora de casa. Espetacular! 3 a 3 no Old Trafford.


Atletas do Everton, após gol contra o United — Foto: Getty Images

 

E agora?


Com o empate, o United chega a 45 pontos e pode ver seu rival se distanciar e abrir uma vantagem de até 5 pontos. E agora recebe o West Ham na terça-feira (09) em partida válida pela quinta rodada da Copa da Inglaterra e volta a jogar pelo campeonato nacional apenas no próximo domingo (14), quando enfrenta o West Bromwich, em West Midlands. Já o Everton, chega aos 37 pontos, perde a chance de voltar à zona de classificação para a Europa League, porém ganha uma posição, assumindo assim a 6ª colocação provisoriamente. O time enfrenta na quarta-feira (10) o Tottenham em jogo válido também pela FA Cup. No domingo (14), volta a jogar pela Premier League contra o Fulham, no Goodison Park. Veja a tabela completa e atualizada da Premier League, clicando aqui!

1 comentário