últimas notícias

Comemorando o GP de número 750, Williams estampará nomes de torcedores em carros no GP de Mônaco


George Russel dirige seu FW43B durante o Grande Prêmio da Espanha, no último domingo (09) — Foto: Mark Thompson / Getty Images

Barcelona, Espanha

 

A Williams atingirá uma incrível marca, em duas semanas, quando o circuito da Fórmula 1 desembarcar em Mônaco: será o GP de número 750 para a equipe. E a equipe bolou uma maneira inusitada para comemorar, carregando nomes de torcedores ao redor do mundo.

Usando uma ferramenta online no website da equipe, os fãs poderão participar de um sorteio o qual selecionará 100 nomes para estampar os halos dos carros de Nicholas Latifi e George Russel, em Mônaco.

Jost Capito, CEO da Williams Racing, celebrou a iniciativa: "A Williams sempre foi sobre pessoas - aqueles que trabalham para o time, assim como nossos torcedores ao redor do mundo. Essa marca é sobre celebrar por todos que estiverem nesta jornada rumo às 750 corridas e vão continuar nesta jornada conosco, à medida em que caminhamos a uma nova era."

"Estamos ansiosos para compartilhar algumas das incríveis histórias que moldaram nossa equipe e ouvir dos torcedor, que têm os próprios contos do que a Williams significa para eles", acresentou Capito.

Mecânicos, engenheiros e todos os membros da equipe que desembarcarem em Mônaco carregarão um logo comemorativo sinalizando em quantas corridas cada um trabalhou pela equipe.

Fundado por Sir Frank Williams e Sir Patrick Head em 1977, o time se tornou um dos mais bem-sucedidos da história da categoria, acumulando mais de 100 vitórias, sete títulos do campeonato de pilotos e nove campeonatos de construtores. A equipe agora é comandada pela empresa Dorilton Capital, que acertou a compra no ano passado.