últimas notícias

Com Eli titular, Giants vão à Filadélfia, tomam empate e Eagles levam na prorrogação

Siga todos os detalhes e estatísticas da vitória de FIladélfia; Wentz terminou a partida com 325 jardas, enquanto Eli, 203


Carson Wentz em celebração, no Monday Night Football — Foto: Brian Garfinkel/Philadelphia Eagles


O Monday Night Football da semana 14 será entre dois rivais divisionais, Philadelfia Eagles e Ney York Giants, na Pensilvânia, no Lincoln Financial Field.


Se de um lado temos Carson Wentz, do outro temos a volta de Eli Manning como signal caller de Nova Iórque. Ainda com a bota protetora devido a um problema no tornozelo, Daniel Jones ficou de fora da partida e daria lugar para o histórico quarterback, titular pela primeira vez desde a semana 2.


Eli Manning se aquece antes de partida contra os Eagles, em Filadélfia — Foto: Matt Rourke/AP Photo


Resumão


Eli Manning teve uma volta dos sonhos: com várias big plays e passes plásticos e importantíssimos, coordenou a equipe à vitória divisional contra um Philadelfia Eagles apagado. Morto. O ataque pouco produziu sob a liderança de Carson Wentz, que, por sua vez, sofreu com drops no primeiro tempo.


Nos últimos quartos, Filadélfia consegue voltar ao jogo, com TD de Boston Scott e melhores momentos do ataque terrestre. Nem mesmo um field goal de pouco mais de 45 jardas no começo do 4º quarto acabou decretando a derrota da franquia: na prorrogação, empurrados por Boston Scott, chegaram ao TD da vitória no drive inicial.



1º quarto


Sem grandes emoções. Com 4 three-and-outs, o único momento de mais emoção foi quando o linebacker David Mayo recuperou fumble forçado por Dalvin Tomlinson em Carson Wentz, ao tentar o sneak, (movimento de mergulho que o quarterback faz para conseguir ganhos mínimos) em um 4th & 1. Apesar disso, a campanha também terminou em punt.



2º quarto


Logo no primeiro drive, em 3ª para 13 na marca de 35 jardas, Eli Manning consegue conexão com Darius Slayton, que passa pelo cornerback e vai até a endzone.


Na campanha seguinte, duas big plays seguidas de 24 e 30 jardas aéreas conectadas com Zach Ertz deixaram os Eagles na red zone (dentro das 20 jardas de ataque) na linha de 9 jardas. Conseguiram o TD, mas com uma segurada na jogada, decretando recuo de 10 jardas. Isso, acoplado a um sack, acabaram com os sonhos de empate e a equipe chutou para os três pontos.


Markus Golden e Alec Ogletree após "sack" em Carson Wentz — Foto: Michal Perez/AP Photo

E haja big play! Eli relembrou os tempos de Super Bowl XLVI e mandou um foguete de 42 jardas para a recepção de Darius Slayton. Depois, conectou novamente com Slayton para 10 jardas, levando a equipe à área de field goal. Mesmo assim, a defesa dos Eagles conseguiu forçar a quarta descida e Nova Iórque também foi para o chute.


Para calar aqueles que pediam sua aposentadoria, ainda tinha mais um passe para touchdown de 55 jardas, novamente com Darius. TD dentro do two-minute warning para deixar os Giants muito tranquilos para o half-time. Os Eagles, por outro lado, foram para os vestiários sob ensurdecedoras vaias.


Saquon Barkley durante o primeiro tempo — Foto: New York Giants


Intervalo


Abaixo, as estatísticas dos jogadores de ataque de Eagles e Giants, durante os primeiro e segundo quartos:


Números das ofensivas no primeiro tempo — Foto: Zona Mista


3º quarto


Foi meio "borocochô", com 5 campanhas seguidas resultando em punts, mas poderíamos, mesmo assim, ter algum tipo de emoção nos últimos 15 minutos, já que os Eagles conseguiram o TD com Boston Scott correndo para 2 jardas, no final do quarto, em boa campanha (praticamente a primeira do jogo), conseguindo equilíbrio entre ganhos aéreos e terrestres.


Jogadores dos Eagles em comemoração, durante Monday Night Football — Foto: Drew Hallowell/Philadelfia Eagles


4º quarto


Logo no primeiro drive, Jake Elliott perdeu field goal de 47 jardas, complicando a situação do time.


Entrando nos dois minutos finais, Carson Wentz conseguiu conexões de 22 e 28 jardas em sequência, com Arcega-Whiteside e Dallas Goedert, levando o time até a marca de 13 jardas de ataque. O time chegou até a linha de 1 jarda ofensiva e em play action, na terceira descida, os Eagles finalmente empataram a partida. Overtime, baby!



Prorrogação


Foi na primeira campanha: sob o comando de Boston, os Eagles conseguiam atravessar o campo e vencer a partida assim que Wentz acertou passe de 2 jardas para o tight-end Zach Ertz e, assim, anotar o touchdown.



Estatísticas


Os números finais das ofensivas:


Estatísticas de jogadores atacantes de ambas as equipes, ao final do jogo — Foto: Zona Mista


E agora?


Pouca coisa muda para New York, que está matematicamente fora da pós-temporada, mesmo após caírem para 3-10. Para os Eagles, as coisas melhoram um pouco, já que ficam empatados com os líderes da NFC Easth, Dallas Cowboys (6-7), ao irem para 5-8, em 2º lugar na divisão.


Filadélfia vai até Washington, enfrentar os Redskins, no domingo (15), às 15h, enquanto os Giants recebem Miami, no mesmo dia e horário.


Carson Wentz antes de receber "snap", em partida contra os Giants — Foto: Kiel Leggere/Philadelfia Eagles