últimas notícias

City vira pra cima do Real em pleno Bernabéu e fica perto da vaga às quartas da Liga dos Campeões

Sergio Ramos ainda foi expulso, nos últimos instantes, e não joga na volta; Isco, Gabriel Jesus e De Bruyne marcaram



Nesta quarta-feira (26), Real Madrid e Man City se enfrentaram no Santiago Bernabéu. O City virou e venceu por 2 a 1, com segundo tempo fulminante.



Resumão


Foi uma partida muto tática. A etapa inicial comprovou isso, com poucas oportunidades para marcar. No entanto, o jogo melhorou bastante no quesito emoção nos 45 minutos finais e tivemos três gols, com direito à virada: Isco abriu o placar e Gabriel Jesus, seguido de De Bruyne viraram a partida para os citizens. Em jogada de contra-ataque, o brasileiro artilheiro foi derrubado e Sergio Ramos foi expulso por infração em último homem.



1° tempo


"Ruim". Esse deve ser o resumo do torcedor mais fanático de Real ou City. No entanto, vale o destaque de que, apesar de poucas chances, foi um jogo muito bem estudado por parte das comissões de Zidane e Guardiola. A equipe inglesa ora tentava através do toque de bola, ora dava a mesma para os madrilenhos, tentando se aproveitar do contra-ataque. Figurando em um 4-4-2, não tinha tamanha velocidade pelos lados, com De Bruyne e Bernardo Silva centralizados. Gabriel jogou pela meia esquerda, fazendo dupla com Mendy, lado mais participativo da etapa.


Apesar de raras ocasiões de gol, foi justamente com participação brasileira que elas vieram: Vini Jr., super acionado, fazia boas jogadas e teve talvez a maior oportunidade de balançar as redes, após defesa plástica de Ederson em cabeçada de Benzema. No entanto, o ex-Flamengo acabou escorregando, mesmo com o gol aberto.


Do lado Citizen, Gabriel Jesus foi o nome do tempo. Recebeu lançamento, cortou pra dentro e acabou finalizando em cima de Courtois, de dentro da área, sob marcação de Varane. Mais: praticamente no último lance, o goleiro belga socou cruzamento em escanteio e o 9 pegou bonito de primeira. Sergio Ramos furou, mas Casemiro tirou em cima da linha.


Gabriel tendo chute negado por Courtois, durante etapa inicial — Foto: UEFA


2° tempo


Seguiu a mesma 'vibe' até o gol de Isco. Vinícius fez boa jogada e cruzou para Isco, livre, marcar. O City, a partir daí, veio para cima, mas só marcou em cruzamento de De Bruyne, aos 33'. Gabriel cabeceou e guardou. Houve reclamação de uma possível falta em cima de Sergio Ramos, mas o VAR confirmou o tento. E dava tempo da virada: Sterling saiu em arrancada e foi derrubado dentro da área. De Bruyne acabou com a sequência de pênaltis perdidos e virou. O Real ainda teve Ramos expulso, ao impedir Gabriel de finalizar de frente a Courtois.


De Bruyne celebrando a virada — Foto: UEFA


E agora?


Ambas as equipes voltam a campo no próximo domingo (01). O Real tem o Barcelona pela frente, às 17h, e o City, a final da Copa da Liga Inglesa, às 13h30, contra o Aston Villa.