últimas notícias

Chile vence Colômbia nos pênaltis e está nas semifinais da Copa América

Seleção colombiana, mesmo invicta, está fora da Copa América

Chilenos comemorando em jogo contra a Colômbia — Foto: Reprodução/Twitter

Foi uma partida muito bem jogada, mas é inevitável não citar a péssima organização. A seleção chilena, instalada em um hotel a aproximadamente 3 horas de distância da Arena Corinthians, obviamente, acabou se atrasando e a partida teve que ter seu horário de início alterado em 20 minutos. É realmente um absurdo o que se passa nesta Copa América. Alguns gramados em péssimo estado, preço abusivo dos ingressos e arbitragem deixando a desejar em algumas partidas. Nada mais a acrescentar, apenas tente imaginar uma competição que recebe Messi, Cavani, Luis Suárez, entre outros craques e que é dita como a mais importante do continente que mal consegue cuidar de seus gramados.

Falando, agora, do que interessa, de futebol, foi um jogo muito tático, as equipes se respeitaram no início e tentaram fazer prevalecer a sua proposta de jogo durante toda a partida, mas também ficou marcado por discussões e faltas mais fortes.


Vidal teve um gol anulado na partida — Foto: Reprodução/Twitter

A princípio, a Colômbia tentou dar as cartas, mas a marcação chilena conseguiu absorver o que poderia se tornar uma pressão e logo conseguiu retaliar o ataque colombiano e conseguiu balançar as redes, aos 15'. Entretanto, o gol, com ajuda do VAR, foi devidamente anulado devido a um milimétrico impedimento de Alexis Sánchez. Daí, o jogo ficou truncado e a temperatura acabou aumentando. Algumas faltas e dribles acabaram gerando alguns "desentendimentos", se assim podemos dizer, entre os jogadores, mas acabou ficando por isso.


Nos primeiros 5 minutos da segunda etapa, a Colômbia começou melhor. Encontrou uma falta perigosa e finalizou com perigo com Cuadrado, embora a equipe chilena ter rapidamente recuperado as rédeas da defesa. O jogo seguiu pegado e muito truncado, mas, novamente, o Chile conseguiu achar um gol, aos 25', dessa vez, com Vidal. Porém, antes do chute do camisa 8, a bola toca na mão de Maripan. Baseando-se na nova regra, o juíz, depois de ir até o monitor, acabou anulando, corretamente, outro gol do Chile. Chegando nos minutos finais, o jogo tomou cara de decisão e, com muita tensão no ar, as equipes começaram a dar muitos lançamentos diretos e o jogo ficou frenético, muito por causa do medo instaurado em ambas as equipes de sofrer um gol que certamente seria decisivo.

Jogo foi marcado por discussões e lances duros — Foto: Reprodução/Twitter

Nas penalidades, Vidal, Vargas, Pulgar, Aranguiz e Sánchez, sendo este o autor do gol que levaria o Chile às semis, marcaram para o lado chileno. Do lado da Colômbia, James Rodríguez, Cardona, Cuadrado e Mina foram os marcadores. O homem com péssima noite de sono é Tesillo, que acabou sendo o único a errar um pênalti, nesta disputa, chutando caprichosamente para fora.


O Chile espera o vencedor entre Uruguai e Peru para descobrir o adversário nas semifinais, quarta (03), 21h30, em Porto Alegre, na Arena do Grêmio.



Aqui na Goal, você acompanha toda a cobertura da Copa América. Assine gratuitamente nossos emails para não perder nada!