últimas notícias

ASSISTA: Frustrado, Bottas atira luvas para o alto após abandonar GP de Mônaco


Bottas não viu a bandeira quadriculada em Monte Carlo — Foto: Mario Renzi / Fórmula 1 via Getty Images

O GP de Mônaco não foi o mais feliz para Valtteri Bottas ou para Lewis Hamilton ou para a Mercedes. Pela primeira vez desde 2017, Monte Carlo presenciou uma festa de pódio na categoria sem ao menos um piloto da equipe alemã, que viu Hamilton ser apenas o 7° colocado e Bottas abandonar a prova, por conta de seu pneu dianteiro direito, que não pôde ser substituído em sua primeira - e única - parada nos boxes.

Valtteri largou em 3° lugar, mas viu Charles Leclerc sequer se dirigir à primeira posição do grid para a largada, uma vez que teve problemas no semi-eixo de sua Ferrari. Assim, após manter a posição na largada, tudo se encaminhava para um 2° lugar tranquilo para o finlandês, que teve problemas no gerenciamento dos pneus e dificilmente atacaria Verstappen, na liderança. Contudo, a parada nos boxes mudou toda a história da corrida.

LEIA: Toto Wolff comenta "dia desastroso" em Mônaco e explica corrida de Hamilton: "Não houve erros"


Após pular do cockpit, Bottas não pôde esconder sua frustração. Jogou as luvas para o ar e seguiu indignado para a garagem das Silver Arrows. Veja o vídeo:

Como resultado, pela primeira vez desde o GP do Brasil de 2013 a Red Bull lidera ambos os campeonatos de construtores e pilotos, com Max Verstappen. A Mercedes foca, agora, no GP do Azerbaijão para dar a volta por cima e recuperar os pontos perdidos em Mônaco.