últimas notícias

Após troca de 'cutucadas' entre Hamilton e Horner, FIA anuncia novo regulamento para a asa traseira


Carros se preparam para largada em Grande Prêmio da temporada 2021 — Foto: Fórmula 1

A Federação Internacional do Automobilismo (FIA) anunciou novos testes de carga e desvio na inclinação das asas traseiras. O planejamento prevê o início das atividades para o próximo mês, no dia 15 de junho.

O órgão utilizará as câmeras on-board para analisar as mudanças dos novos ângulos de inclinação e peso, requisitando que cada time realize 12 marcações em áreas delimitadas para auxiliar o processo.

O artigo 3.8 das Regulações Técnicas requer que todos os componentes aerodinâmicos de um carro sejam "rigidamente presos" e que permaneçam "imóveis". Ainda, a FIA adiciona: "reservamos o direito de introduzir futuros testes em qualquer parte da carcaça que aparente [ou seja alvo de suspeitas de] estar se movendo enquanto o carro se locomove."

A federação também anunciou que serão ditados 20% de tolerância no primeiro mês em que os novos requerimentos entram em cena. Portanto, os times terão um tempo hábil para adaptação.

A decisão vem após o heptacampeão Lewis Hamilton chamar a atenção da traseira do RB16B, carro da Red Bull, durante o Grande Prêmio da Espanha, do qual acabou campeão: "São muito velozes nas retas. Eles têm essa asa ondulada na parte de trás do carro usada hoje [domingo (09)] e ganharam pelo menos uns três décimos" se referindo ao sistema de movimentação da asa traseira, diminuindo o arrasto.

Como resposta, Christian Horner, chefe de equipe da RBR, disse: "[claro que] a FIA está completamente satisfeita com o carro, que ele passou naqueles testes super exigentes, então fiquei surpreso em vê-lo comentar sobre aquilo. Mas é algo que o Toto já havia mencionado para mim antes, então duvido que seja a opinião do Lewis. Deve ter vindo de outro lugar."

O Zona Mista segue fazendo a cobertura completa do próximo fim de semana de corrida, com tudo o que rolar no GP da Mônaco, entre os dias 21 e 23 de maio. Nos siga no Facebook, Twitter e Instagram para não perder absolutamente nada do mundo da Fórmula 1!