últimas notícias

Análise: Os pontos-chave para Liverpool x Chelsea 📊


Parceria em campo? Clássico entre Reds e Blues agitam o meio de semana do futebol inglês — Foto: Getty Images

Análise: Os pontos-chave para Liverpool x Chelsea 📊


Por Gabriel Lins, em Liverpool (ING)

04/03/2021 11h37

 

Um verdadeiro jogo de seis pontos acontece em Anfield, nesta quinta-feira. Colados na tabela, Liverpool e Chelsea duelam em busca de uma vaga no G4 da Premier League, que permite a participação na Champions League na próxima temporada. Em caso de vitória de um dos lados, o outro fica automaticamente mais distante do objetivo. Em caso de empate, ambos podem se complicar e ver o West Ham abrir vantagem. Logo, é um jogo que promete ser disputadíssimo e imperdível. Assim, é importante ficar atento aos pontos que podem decidir o confronto.





Como vem o Liverpool?

 

Os Reds vêm de uma vitória fora de casa contra o lanterna Sheffield United por 2 a 0 e chega ao duelo contra o Chelsea tentando recuperar a confiança e a boa fase das últimas temporadas. No entanto, o desempenho em casa tem sido muito ruim no ano de 2021: em Anfield, equipe perdeu quatro jogos consecutivos dentro de casa para Burnley, Brighton, Manchester City e Everton e ainda não venceu.


Somado a esse desempenho ruim em casa, a equipe sofre bastante no que diz respeito a parte defensiva. São 15 gols tomados nos últimos 10 jogos, fora que o técnico Jürgen Klopp perde muitas peças do sistema defensivo por lesões, até mesmo as que, improvisadamente, atuavam na zaga, como Henderson e Fabinho.


Somado a isso, o desempenho do meio-campo também, em geral, não é bom. A equipe até consegue ter mais a bola que o adversário, mas também tem mais dificuldade de criar oportunidades de gol, o que compromete também a atuação do trio de ataque Salah-Firmino-Mané. Apesar de individualmente Jones, Wijnaldum e Thiago terem qualidade, a equipe sente muito a falta do capitão Henderson na saída de bola e na orientação do time.


Thiago em sessão de treinamentos na última quarta-feira (03), antes de clássico — Foto: Getty Images

Para o confronto contra o Chelsea, é importante que a equipe tenha apoio dos laterais Alexander-Arnold e Robertson para auxiliar os jogadores do meio de campo na criação das jogadas, e que Firmino volte também para ajudar a equipe e acionar Mané e Salah. O time que sofre no sistema defensivo vai precisar bastante de uma boa partida na parte criativa, já que, para furar o bem postado Chelsea de Tuchel, é preciso aproveitar bem os espaços que achar para acionar os atacantes. Além disso, os meio-campistas precisam aparecer um pouco mais na frente, com chances de bater no gol ou dar um passe quebrando a marcação.



Como vem o Chelsea?

 

Os Blues vêm de empate contra o Manchester United jogando no Stamford Bridge. Apesar de ter jogado melhor, faltou a equipe acertar o último passe e ser um pouco mais agressiva para sair com uma vitória de Londres. Mesmo assim, ainda está invicta sob o comando de seu novo técnico Thomas Tuchel e vem cada vez mais se consolidando, principalmente na parte defensiva, com a formação do 3-4-2-1. A evolução do sistema defensivo se comprova nos números. Sob o comando do Tuchel, a equipe sofreu apenas dois gols nas nove partidas que o alemão comandou a equipe.


Além disso, o meio melhorou bastante. Com destaque para Kovacic, quem mais cresceu de produção em relação ao que vinha jogando com o Lampard no comando, ainda tem a grande temporada que faz o garoto Mason Mount, discutivelmente o melhor jogador dos Blues na temporada.


Chelsea realizou últimos ajustes na quarta para visitar Anfield — Foto: Getty Images

Onde o Chelsea ainda peca é no setor ofensivo. Os atacantes não estão muito bem, possibilitando poucas chances de gol. Werner, Havertz e Ziyech ainda não se encaixaram bem com Tuchel, que vê sua equipe, apesar da solidez defensiva, apresentar números não tão bons na frente: são apenas 10 gols em 9 jogos. Para o dérbi contra o Liverpool, é importante uma boa atuação do setor. Principalmente em virtude da extrema fragilidade defensiva que donos da casa ultimamente têm apresentado, ser clínico em frente ao gol é meio caminho andado para se sair com um bom resultado de Anfield, além, claro, de manter o muro azul em frente ao gol de Mendy.



Jogo de seis pontos

 

É um jogo essencial para as duas equipes continuarem trilhando seus caminhos rumo à Liga dos Campeões: o Chelsea, com a chance de manter a boa fase e aumentar a crise do adversário, e o Liverpool, que precisa se recuperar no campeonato e parar de perder em casa.


Equipes separadas por um ponto na tabela e podendo dificultar a vida do outro no embate por uma vaga no G4. A história a ser escrita em Anfield certamente causará impactos na Premier League. Por isso, é bom acompanhar bem a partida. O Zona Mista trará a cobertura completa do dérbi logo após o apito final, junto com maiores análises nesta sexta-feira (04), com o podcast 'Direto da Redação'.