últimas notícias

🦁 10 pontos para ficar de olho neste fim de semana de Premier League


Salah marca gol sobre o Everton em vitória por 4 a 1 no Goodison Park — Foto: Reprodução / Twitter / Premier League

Por Valentin Furlan, Diego Pereira, Vinicios Cotrim e Luciano Melo – 21 de abril

Com a chegada da 34ª rodada, a Premier League vai entrando em seus últimos suspiros. Junto deles, chama atenção a angústia nos confrontos contra o rebaixamento e mais uma disputa ponto a ponto entre Liverpool e Manchester City pelo caneco.

Dessa forma, pontuamos os 10 principais destaques para mais um promissor fim de semana de futebol inglês.

1️⃣ Red Devils entre o céu e o inferno

Vivendo um turbilhão de altos e baixos, o Manchester United volta a campo neste sábado para encarar o Arsenal, adversário direto na busca por uma vaga na próxima edição da Liga dos Campeões. No entanto, há uma novidade entre tantas outras questões extracampo que têm tirado a paz dos Red Devills recentemente.

Nesta quinta-feira (21), a diretoria anunciou de forma oficial a contratação do técnico holandês Erik ten Hag, que assume o time somente a partir da próxima temporada após passagem inconstante do interino Ralf Rangnick, que assumirá posto na coordenação técnica.

Por enquanto, contudo, seguem dentro de campo as dúvidas, desfalques e a desconfiança à frente de um adversário embalado após vitória sobre Chelsea na última quarta (20), outro adversário direto na briga pelo G-4. A ver se as motivações serão diferentes com a certeza de uma nova era pela frente. / Diego Pereira

  • Arsenal v Manchester United : sábado, 08h30 (todos os horários de Brasília)

2️⃣ Norwich terá (provavelmente) última chance de escapar do Z-3

Perder por 3 a 2 do Manchester United em pleno Old Trafford é motivo para lamentações? Há o argumento de que não, mas a situação do Norwich não permite erros.

O clube é atualmente o lanterna do Inglês, com 21 pontos, a oito da salvação – com a ressalva de o Everton, 17° colocado, ter um jogo ainda a ser disputado. Os Canários fizeram um bom jogo no último sábado (21), mas não contavam com a tarde inspirada de Cristiano Ronaldo, que registrou um hat-trick para a salvação do United.

Defensivamente, contudo, o time foi mais coeso e impressionou em alguns avanços sobre a cara – e questionável – defesa dos Devils. Agora, uma nova boa performance contra o Newcastle agora o apoio da torcida será fundamental, mas a equipe precisa ser mais clínica e capitalizar as chances criadas, diferentemente do que houve em Manchester. Em fase inspirada, Miguel Almirón, Bruno Guimarães e companhia não são dos melhores adversários a se enfrentar no momento.

Não há mais margem para erro para o Norwich. / Valentin Furlan

  • Norwich City v Newcastle United: sábado, 11h

3️⃣ Crise entre Cristiano Ronaldo e United pode tomar outros rumos

Longe da briga por competições europeias, o Leicester recebe o Aston Villa no King Power após apenas empatar com o Everton no último jogo disputado. Com Jamie Vardy ainda lesionado, as raposas têm suas esperanças de gols em James Maddison, que vem em boa temporada e realizou últimas boas partidas pelo time comandado por Brendan Rodgers.

Tanto Leicester quanto Aston Villa possuem um jogo a menos em relação à maioria dos adversários, mas apenas o Villa pode subir de posição se vencer o confronto, já que o Leicester está oito pontos da sétima posição, enquanto a equipe de Steven Gerrard está a apenas um do 14°. / Vinicios Cotrim

  • Leicester City v Aston Villa: sábado, 11h

4️⃣ Com elenco 'enxuto', City inicia sequência definidora

Watford, Real Madrid, Leeds United, Real Madrid (de novo), Newcastle, West Ham e Aston Villa: são esses os jogos que separam Pep Guardiola e sua trupe de um segundo bicameponato Inglês e uma segunda final seguida de Liga dos Campeões.

Os Citizens vêm de eliminação dolorosa para o Liverpool na FA Cup, após sofrer com o desgaste de uma difícil e emocionante classificação às semis da Champions sobre o Atlético de Madrid, enquanto os rivais vermelhos conseguiram descansar a maior parte do time titular no bem encaminhado jogo de volta contra o Benfica, no Anfield. Nas entrevistas coletivas, um assunto é recorrente para Guardiola: a gestão do elenco da equipe.

Rúben Dias, Kyle Walker, Kevin De Bruyne e Gündogan foram alguns dos ausentes recentes que fizeram o técnico catalão rodar consideravelmente o elenco do clube, que agora não pode sonhar mais com uma tríplice coroa – muito menos um quádruplo. Assim, sem qualquer área de respiro, a equipe precisará contar com apoio máximo de seu elenco a fim de seguir como candidata aos dois títulos restantes e, indiscutivelmente, mais importantes da temporada.

Ou, ainda, quem sabe, de sua história. / Valentin Furlan

  • Manchester City v Watford: sábado, 11h

5️⃣ Bem quisto, Christian Eriksen revê o Tottenham

Um velho conhecido da torcida irá reencontrar os Spurs. Se trata de Christian Eriksen, dinamarquês de 30 anos que retornou recentemente aos gramados, após superar uma parada cardíaca em partida na última edição da Eurocopa.

Durante esta semana, o técnico Antonio Conte rasgou elogios ao jogador com quem trabalhou nos tempos de Inter de Milão. O vínculo do dinamarquês junto ao Brentford se encerra no meio do ano, e existem fortes rumores de que o Tottenham estaria disposto a trazê-lo de volta.

Porém, além do reencontro, o confronto deste sábado contra as Abelhas é mais uma das importantes batalhas dos Spurs, que seguem na briga por uma vaga na próxima edição da Champions. Vindo de um tropeço em casa para o Brighton na última rodada, a equipe almeja a vitória para se reaproximar do G-4. / Diego Pereira

  • Brentford v Tottenham: sábado, 13h30

6️⃣ Burnley se recupera após saída de Sean Dyche

O Burnley recebe o Wolverhampton, no estádio Turf Moor, ainda remoendo a demissão do técnico Sean Dyche na última sexta-feira (15), após nove anos à frente do time. E ainda que alguns dirigentes e grande parte da torcida concordassem em manter o treinador mais longevo da Premier League, mesmo amargando na 18ª posição na tabela, os proprietários do clube não tiveram a mesma visão.

E a saída para os últimos jogos da temporada é inusitada: assume o grupo uma comissão formada por Mike Jackson, até então, técnico do sub-23, Paul Jenkins, o preparador físico, e Ben Mee, o capitão do time. Contando que o Everton enfrenta um favorito Liverpool horas depois, também no domingo, uma vitória sobre os Wolves manterá a equipe não apenas muito viva na luta contra o rebaixamento, como também provisoriamente fora do Z-3. / Luciano Melo

  • Burnley v Wolves: domingo, 10h

7️⃣ West Ham com um olho no peixe e outro no gato

Ainda em busca de uma vaga na Champions, o West Ham vem com fome para cima do Chelsea e necessita da vitória para manter o sonho vivo. Nesse cenário, o time do oeste de Londres aproveitará a fragilidade pela qual o Chelsea vem passando após ser eliminado da Liga dos Campeões e sofrer uma derrota feia para o Arsenal, na última quarta-feira (20), por 4 a 2.

Porém, os Hammers ainda possuem as semifinais da Europa League na lista de preocupações e podem levar isso em consideração para esse jogo de domingo. / Vinicios Cotrim

  • Chelsea v West Ham: domingo, 10h

8️⃣ Brighton precisa fazer sua lição de casa

Visitante indigesto, o Brighton precisa deixar de ser rigorosamente uma 'mãe' jogando no Amex Stadium. A equipe de Graham Potter ganhou apenas 15 de seus 40 pontos no campeonato atuando em seus domínios e, apesar de não correr riscos na briga contra o rebaixamento, deixa de almejar patamares mais elevados por conta dessa incosistência em frente à torcida.

É um elenco talentoso e recheado de promessas. A temporada atual pode ter 'flopado' para alguns torcedores mais otimistas no início da campanha, mas o futuro é empolgante para Potter e sua trupe. O time ainda passará por esse período de amadurecimento – o qual também inclui um melhor aproveitamento em casa –, mas terminar na parte de cima da tabela ainda garante uma renda extra para possíveis reforços na intertemporada.

O Southampton, entretanto, vem fungando no cangote, a apenas um pontinho de distância, apesar de vir de uma derrota inconsistente para o seríssimo candidato ao rebaixamento Burnley, nesta quinta (22). O futuro promete para os Seagulls, mas também depende de um presente mais constante. / Valentin Furlan

  • Brighton & Hove Albion v Southampton: domingo, 10h

9️⃣ Cidade em cores (e posições) opostas

Ainda lutando firme pelo título, o Liverpool recebe seu arqui-rival regional, Everton, que segue em luta contra o rebaixamento, no Anfield, onde busca os três pontos para não sair da cola do líder Manchester City.

Vindo de uma goleada sobre o Manchester United e classificações em sequência para a final da FA Cup e às semifinais da Liga dos Campeões, os Reds exalam confiança e vivem uma excelente fase. Assim, tudo contribui para um favoritismo sobre os Toffees, que perigam entrar na zona de rebaixamento se não saírem com os três pontos de Anfield.

Pensando na ponta, o Liverpool precisa vencer e torcer por um tropeço do City para que a liderança seja assumida. / Vinicios Cotrim

  • Liverpool v Everton: domingo, 12h30

1️⃣0️⃣ Batalha dos 'aflitos' promete tensão para se afastar do Z-3

Na base do 'salve-se quem puder', Crystal Palace e Leeds United se enfrentam na próxima segunda-feira (25), e o objetivo é um só: se afastar da zona de rebaixamento.

O Leeds vive situação mais delicada, ocupando a 16ª posição na tabela com 33 pontos ganhos, pontuação essa que, mesmo com uma vitória, devido aos critérios de desempate, o manterá no mesmo posto pelo menos até a próxima rodada. Com a recente demissão de Marcelo Bielsa e alguns desfalques importantes na equipe, a única boa notícia dos Whites é o retorno do brasileiro Raphinha, que, após meses parado por lesão, voltou na última rodada e marcou na vitória fora de casa diante do Waford, por 3 a 0.

Pelo lado do Palace, o sinal de alerta é bom estar ligado. A equipe de Patrick Vieira ocupa a 14ª posição somando apenas quatro pontos a mais que o rival de segunda. Uma derrota dos Eagles e uma combinação de resultados negativa podem deixar a situação crítica pelos lados de Londres. / Diego Pereira

  • Crystal Palace v Leeds United: segunda-feira, 16h