A importância da interface com o usuário e toda sua experiência

Artigo de nosso programador e designer gráfico Júnior Schrepel sobre uma importante metodologia de desenvolvimento: UX/UI.
É uma satisfação para a One Sports poder contar com um profissional tão competente e habilidoso na aplicação do seu conhecimento em nossos projetos.

É evidente que todo o mercado consumidor está cada vez mais exigente em relação a facilidade em utilizar todas as coisas. De um modo geral, a simplicidade está cada vez maior em todos os produtos, com uma interface amigável e objetiva para atrair novos clientes e ser utilizada em todos os momentos, independente de onde esteja. E é nesse cenário que se destaca UI e UX.

UI Design, ou User Interface Design (Design de Interface do Usuário) é o meio em que o usuário vai interagir diretamente com qualquer produto, seja ele um produto físico como um brinquedo ou como um produto virtual, por exemplo, um aplicativo no smartphone.

Os métodos de criação em UI vai muito além de criar um botão, de exibir uma imagem, um áudio, ou de qualquer outro componente que forneça essa interação com o usuário. De fato, toda essa interação de interface, precisa ser simples e de fácil acesso. O que traz a experiência user-friendly, ou seja, uma interface amigável e intuitiva para quem quiser utilizar.

Quando você usa um aplicativo para editar fotos, o que espera é editar de um jeito fácil e rápido para postar em suas redes sociais. Se esse aplicativo tivesse muitas opções, mas ele não é tão fácil de utilizar, você vai procurar outro que é mais fácil mesmo não tendo muitos recursos. Essa é a função do UI, trazer a melhor forma de utilizar o aplicativo.

É importante levar em conta, que o desenvolvimento utilizando os conceitos em User Interface, vai muito além da aparência e dos componentes que o produto final possui, considerando principalmente o jeito que ele vai funcionar.

Quando chegamos nesse ponto em que abordamos o jeito que vai funcionar, entra uma outra habilidade conhecida como UX Design, ou User Experience Design (Design de Experiência do Usuário). Esse conceito vai abordar principalmente a parte emocional e estratégica, visando na melhor experiência que o usuário pode ter ao utilizar o produto.

Ao abordar a função de UX, podemos utilizar esse conceito e aplicar em arquitetura de informação, estratégia de conteúdo, design de interação, usabilidade e pesquisa de comportamento de usuário, entre outros.

Tratando diretamente da experiência com o usuário, é levado em consideração principalmente o sentimento que tem ao utilizar o produto, a expectativa que o usuário tem em abrir uma caixa para ver o produto. Já podemos ver que o conceito UX saiu do produto em si e essa experiência trouxe para todo o complemento.

Imagine quando uma criança pega um brinquedo, e esse brinquedo interage com ela de uma forma engraçada ou de um jeito inesperado. A reação da criança vai ser de alegria, ao despertar a sensação de que ela quer brincar cada vez mais, trazendo um resultado satisfatório para esse produto.

Mas nem sempre o UX se refere a trazer algum tipo de emoção ou de facilidade a vida do usuário, também tem a responsabilidade de desenvolver a melhor maneira em resolver problemas de usabilidade.

Na prática, User Experience é voltado mais para estratégia do que para o jeito que o design final vai possuir, o que torna diferente de User Interface, visando que os dois conceitos andam juntos para ter um produto com uma usabilidade que o usuário final vai ser feliz em utilizá-lo.

E você, já teve essa experiência em utilizar algum produto?

Confira o artigo completo aqui: http://www.juniorschrepel.com.br/2016/06/09/a-importancia-da-interface-com-o-usuario-e-toda-sua-experiencia/